+274 avaliações no Trustpilot

Shipping  Entrega segura    care Clínicos da UE

Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.
Viagra

Comprar um tratamento para a síndrome das pernas inquietas online.

A síndrome das pernas inquietas pode variar desde uma sensação nervosa desagradável até um desconforto grave – fazendo com que as pernas “saltem” e impedindo que tenha uma boa noite de sono. Encomende hoje online um tratamento para a síndrome das pernas inquietas e consiga um alívio rápido e fiável.

Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.
Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.
 Filtrar
Limpar todos os filtros
Filtrar
    Temos 1 opções para Cãibras nas pernas
    Ropinirole_blister

    Ropinirole

    Ropinirole

    Comprimido de marca, disponível como dose baixa ou dose de manutenção para o alívio dos sintomas.

    • Preço €57.00

    Os seus parceiros na saúde

    Dr. Daniel Atkinson

    Líder Médico de Clínica Geral
    Dr. Daniel

    Registado na IMC (No. 430652)

    Conheça o(a) Daniel  

    Sr. Craig Marsh

    Farmacêutico Prescritor
    Sr. Craig Marsh

    Registado na GPhC (No. 2070724)

    Conheça o(a) Craig  

    Medicamentos para a Cãibras nas pernas podem causar efeitos secundários

    Leia sempre a bula que vem com a sua medicação e conte-nos sobre quaisquer efeitos secundários que sentir.

    Escolha como realiza os cuidados de saúde

    Nós conhecemos a saúde, mas você conhece-se a si.
    Os nossos especialistas indicam-lhe o que é seguro, mas a decisão do que é melhor é sua.

    1Consulte no seu próprio tempo

    Consulte no seu próprio tempo

    Responda a algumas perguntas e fale-nos de si. Obtenha conselhos personalizados dos nossos clínicos de modo a poder escolher melhor.

    2Tratamentos adequados à sua vida

    Tratamentos adequados à sua vida

    Escolha o seu tratamento e a frequência com que o recebe.

    3A sua saúde, continua

    A sua saúde, continua

    Sabemos que as coisas mudam. É a natureza da vida. Iremos verificar regularmente se o seu tratamento ainda é o mais adequado para si.

    4Controlo ao alcance dos seus dedos

    Controlo ao alcance dos seus dedos

    Pausar. Mudar. Saltar. Recomeçar. Sempre que quiser.

    Mantenha-se a par.

    Queremos que os cuidados de saúde sejam mais sobre si. Subscreva à nossa newsletter para obter artigos de saúde personalizados que fazem a diferença.

    Isenção de Responsabilidade: A informação apresentada nesta página não substitui o aconselhamento médico profissional, diagnóstico, ou tratamento. Caso tenha quaisquer perguntas ou preocupações sobre a sua saúde, deve consultar um médico.

    O que é a síndrome das pernas inquietas?

    A síndrome das pernas inquietas, também conhecida como doença de Willis-Ekborn, é uma condição que afeta o sistema nervoso, causando uma sensação de inquietação nas pernas e dando-lhe vontade de as querer mexer. A maioria das pessoas com Síndrome das Pernas Inquietas tem sintomas à noite, ao sentar-se ou deitar-se, ou ao tentar adormecer. Existem algumas coisas que pode fazer para melhorar os sintomas durante um curto período de tempo, mas é importante não confundir alívio com solução e, ainda assim, obter um tratamento clinicamente aprovado.

    Embora os sintomas possam variar de leves a graves, a principal queixa é que a síndrome das pernas inquietas perturba o sono natural e saudável. Se a condição for causada por outros problemas de saúde subjacentes, o sono insuficiente pode piorar os problemas pré-existentes.

    Quem tem síndrome das pernas inquietas?

    Embora a síndrome das pernas inquietas possa afetar qualquer pessoa, é mais comum em mulheres e pessoas que estão a entrar na meia-idade. É mais comum, por exemplo, em mulheres com mais de quarenta anos do que em homens e crianças. Existem algumas causas potenciais para a SPI: os neurologistas entendem que está relacionada com os níveis de uma substância química existente no corpo, denominada de Dopamina, que é responsável pelo controlo do nosso movimento muscular. A síndrome das pernas inquietas pode ser o resultado de uma deficiência de ferro, anemia, insuficiência renal ou outras condições médicas existentes, tais como diabetes e artrite reumatoide. Também afeta uma em cada cinco mulheres grávidas, por norma no terceiro trimestre de gestação.

    Quão comum é a síndrome das pernas inquietas?

    A síndrome das pernas inquietas é bastante comum. Estima-se que existam entre 3,9% -15% de pessoas em todo o mundo a padecerem desta condição

    Reference Popover #ref1
    Reference Popover #ref2
    Revisto clinicamente por
    Dr. Carlos Jorge Santos
    Consultor Médico
    a 02. agosto 2022.
    Conheça o(a) Carlos  
    Carlos
    Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.

    Como obtemos informação.

    Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

    O que causa a síndrome das pernas inquietas?

    A síndrome das pernas inquietas pode ser causada por um gene defeituoso, condições médicas pré-existentes, várias deficiências, anemia ou danos nos gânglios basais. Os gânglios basais são a parte do cérebro que ajuda a controlar o sistema nervoso e as funções motoras. Depende de transmissores de dopamina para enviar sinais a várias partes do corpo. Quando os recetores de dopamina são danificados nos gânglios basais, os sinais tornam-se confusos e são enviadas mensagens incorretas pela coluna vertebral e por todo o sistema nervoso. Isto causa sensações estranhas, movimentos involuntários ou espasmos e uma sensação avassaladora de inquietação. Os fatores de estilo de vida que podem contribuir para o desenvolvimento ou gravidade dos sintomas da síndrome das pernas inquietas são: stresse, padrões de sono insatisfatórios, tabagismo e consumo de álcool. No entanto, não se acredita que tais fatores causem a síndrome das pernas inquietas.

    Quais são os sintomas da síndrome das pernas inquietas?

    Tal como o nome sugere, a síndrome das pernas inquietas causa uma sensação de inquietação nas pernas. Uma necessidade irresistível de mover as pernas, uma sensação de formigueiro e saltos físicos nas coxas, gémeos e pés. Esses sintomas podem variar de uma sensação de formigueiro ligeiramente irritante a uma compulsão incontrolável de mover as pernas, o que pode mantê-lo acordado a noite toda e causar stresse e fadiga. A síndrome das pernas inquietas também não está relacionada apenas com as pernas. Por vezes os sintomas da síndrome das pernas inquietas também podem ser encontrados nos seus braços.

    A síndrome das pernas inquietas pode originar outros problemas?

    Embora não haja evidências médicas que sugiram que a síndrome das pernas inquietas possa causar problemas de saúde mais sérios, pode e terá um efeito prejudicial no seu estilo de vida e saúde em geral, porque pode causar privação de sono. Sem um sono saudável e natural, todas as condições de saúde podem piorar. Se desenvolver a síndrome das pernas inquietas enquanto é jovem, é mais provável que os sintomas piorem com o tempo, por isso é importante encontrar o melhor tratamento para si.

    Reference Popover #ref3

    Que medicamentos existem para a síndrome das pernas inquietas?

    Os agonistas da dopamina são por norma a forma mais eficaz de tratar a síndrome das pernas inquietas. Os agonistas da dopamina corrigem os níveis insuficientes de dopamina no seu corpo, uma deficiência frequentemente considerada como causadora da doença. Os agonistas da dopamina são habitualmente prescritos na forma de comprimidos.

    Existe um “melhor” tratamento para a síndrome das pernas inquietas?

    A síndrome das pernas inquietas tem múltiplas causas e fatores, por isso recomendamos-lhe falar connosco, para que lhe possamos recomendar o melhor tratamento – tendo em consideração os seus sintomas, estado de saúde e historial. Cada pessoa é diferente e temos sempre isto em consideração. Iremos considerar os seus sintomas, o seu estado de saúde, quaisquer condições pré-existentes (tais como diabetes ou problemas renais) e o seu historial médico, para ajudá-lo a escolher o melhor tratamento para si. Habitualmente envolve a abordagem do problema nos recetores de dopamina do corpo, daí os agonistas da dopamina serem, por norma, o melhor tratamento.

    A síndrome das pernas inquietas requer sempre tratamento?

    Consegue-se gerir melhor a síndrome das pernas inquietas através de um tratamento aprovado, utilizado em conjunto com mudanças saudáveis no estilo de vida, para assim melhorar ou manter a sua saúde geral. Recomenda-se exercício físico regular, escolhas alimentares saudáveis e atividades relaxantes. É importante manter a sua saúde geral controlada para poder combater a síndrome das pernas inquietas. Elevados níveis de stresse podem piorar o problema, portanto, tente acalmar-se da melhor maneira possível, seja fazendo uma caminhada, uma sessão de ioga ou meditação.

    Reference Popover #ref4

    Perguntas Frequentes: Síndrome das pernas inquietas

    Gostaria de saber algo específico sobre Síndrome das pernas inquietas? Consulte a nossa informação abaixo, ou faça uma pergunta aos nossos especialistas se não conseguir encontrar o que procura.

    Porque devo comprar o tratamento para a Síndrome das Pernas Inquietas online no Treated?

    Resposta:
    Superar o desconforto e a frustração decorrentes da síndrome das pernas inquietas pode ser mais fácil do que nunca, graças ao nosso serviço de subscrição. Fale connosco sobre a sua saúde e iremos ajudá-lo a escolher o melhor tratamento para si. Faremos a entrega do seu tratamento com rapidez e discrição. Com a sua subscrição, receberá aconselhamento especializado dos nossos clínicos, que manterão o contacto para se assegurarem de que o seu tratamento está a funcionar como deve.

    A sua saúde, bem-estar e felicidade estão na vanguarda de tudo o que fazemos. Isso significa capacitá-lo a assumir o controlo da sua própria saúde e fazer a escolha certa para si. Sabemos que a vida pode tornar-se um pouco agitada, por isso vamos lembrá-lo de verificar se dispõe de medicamentos suficientes para satisfazer as suas necessidades.

    Encomende hoje online no Treated e tome medidas reais contra os sintomas da síndrome das pernas inquietas.

    O tratamento para a síndrome das pernas inquietas funciona sempre?

    Resposta:
    O tratamento com agonista da dopamina é altamente eficaz contra a síndrome das pernas inquietas, pois trata a deficiência do sistema nervoso e melhora a comunicação entre o cérebro, os nervos e as terminações nervosas - para que os sinais confusos parem e a sensação de "salto" desapareça. Num estudo de 2012, entre 70% -90% [4] dos pacientes em terapia com agonista da dopamina reportaram que os seus sintomas melhoraram após terem realizado um ciclo de tratamento completo. Tal como acontece com todos os medicamentos, é importante utilizar a dose correta prescrita pelo clínico e é fundamental terminar o tratamento, mesmo que os sintomas melhorem.

    O tratamento para a Síndrome das Pernas Inquietas pode causar efeitos secundários?

    Resposta:
    Os efeitos secundários mais comuns dos tratamentos para a síndrome das pernas inquietas incluem: náuseas leves, tonturas, mal-estar e dores de cabeça. Tal como acontece com qualquer novo medicamento, é importante falar com o seu clínico sobre quaisquer preocupações ou dúvidas que possa ter. Deve ler sempre a bula informativa do medicamento incluída no seu tratamento para obter aconselhamento e orientação e, se não tiver a certeza sobre alguma coisa, fale com o seu clínico.

    Como é diagnosticada a síndrome das pernas inquietas?

    Resposta:
    Não existe nenhum teste específico para identificar e diagnosticar a síndrome das pernas inquietas. O nosso clínico diagnosticará a síndrome das pernas inquietas após reconhecer os sintomas. Poderá também fazer-lhe algumas perguntas para determinar o problema e para descartar quaisquer outras causas potenciais dos seus sintomas.
    Quer saber outra coisa?

    Adicionar um tratamento para comparar

    Sugerir um tratamento

    Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

    Pergunte ou sugira algo.

    Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

    Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.

    +274 avaliações no Trustpilot

    Conte-nos qual é o problema

    [Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
    Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

    Do que gostou acerca disso?

    Do que não gostou acerca disso?

    Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

    Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

    news-letter

    Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre Cãibras nas pernas e muito mais.

    Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.

    É a primeira vez que está connosco?

    Pode continuar como convidado, ou iniciar sessão com a sua conta Treated, caso tenha uma.

    +274 avaliações no Trustpilot