+274 avaliações no Trustpilot

Shipping  Entrega segura    care Clínicos da UE

Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.
Viagra

Comprar contraceção online

Pílulas, adesivos, anéis: é fácil perder-se com a contraceção. Podemos ajudá-la a encontrar tratamentos adaptados a si.

Fale connosco sobre a sua saúde, encomende o tratamento contracetivo online e obtenha-o na nossa farmácia licenciada.

Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.
Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.
Oferecemos 4 tipos de Contraceção.
Adesivo contracetivo

Adesivo contracetivo

Adesivo transdérmico que funciona como a pílula. Liberta lentamente hormonas contracetivas que impedem a gravidez.

Anel contracetivo

Anel contracetivo

Pequena peça de redonda que se insere na vagina uma vez por mês e funciona tal e qual como a pílula.

Minipílula

Minipílula

A pílula, mas sem estrogénio. A melhor opção se sofrer de enxaquecas ou efeitos secundários na pílula combinada.

Pílula combinada

Pílula combinada

Proteção contra a gravidez. Ajuda com a TPM. Encontre a melhor pílula contracetiva para si.

Os seus parceiros na saúde

Dr. Daniel Atkinson

Líder Médico de Clínica Geral
Dr. Daniel

Registado na IMC (No. 430652)

Conheça o(a) Daniel  

Sr. Craig Marsh

Farmacêutico Prescritor
Sr. Craig Marsh

Registado na GPhC (No. 2070724)

Conheça o(a) Craig  

Medicamentos para a Contraceção podem causar efeitos secundários

Leia sempre a bula que vem com a sua medicação e conte-nos sobre quaisquer efeitos secundários que sentir.

Escolha como realiza os cuidados de saúde

Nós conhecemos a saúde, mas você conhece-se a si.
Os nossos especialistas indicam-lhe o que é seguro, mas a decisão do que é melhor é sua.

1Consulte no seu próprio tempo

Consulte no seu próprio tempo

Responda a algumas perguntas e fale-nos de si. Obtenha conselhos personalizados dos nossos clínicos de modo a poder escolher melhor.

2Tratamentos adequados à sua vida

Tratamentos adequados à sua vida

Escolha o seu tratamento e a frequência com que o recebe.

3A sua saúde, continua

A sua saúde, continua

Sabemos que as coisas mudam. É a natureza da vida. Iremos verificar regularmente se o seu tratamento ainda é o mais adequado para si.

4Controlo ao alcance dos seus dedos

Controlo ao alcance dos seus dedos

Pausar. Mudar. Saltar. Recomeçar. Sempre que quiser.

Mantenha-se a par.

Queremos que os cuidados de saúde sejam mais sobre si. Subscreva à nossa newsletter para obter artigos de saúde personalizados que fazem a diferença.

Isenção de Responsabilidade: A informação apresentada nesta página não substitui o aconselhamento médico profissional, diagnóstico, ou tratamento. Caso tenha quaisquer perguntas ou preocupações sobre a sua saúde, deve consultar um médico.

O que é a contraceção?

Em resumo, a contraceção reduz o seu risco de engravidar. Alguns tipos de contraceção hormonal também têm o benefício adicional de reduzir alguns dos sintomas desconfortáveis que pode ter no período menstrual, e podem tornar a sua menstruação mais leve e mais regular.

Pode tomar a contraceção durante o tempo que desejar. Pode também mudar de método ou parar de usá-lo se quiser ter um filho. Alguns tipos de contraceção hormonal são melhores para problemas de saúde específicos ou faixas etárias. Por isso, é bom consultar o seu médico periodicamente para ter a certeza de que o seu contracetivo ainda é adequado para si.

A contraceção hormonal só está disponível mediante receita médica em Portugal. A nossa equipa clínica irá ajudá-la a delimitar a melhor opção, porque existem muitas, e não há uma única solução.

Que tipos de contraceção existem?

Existem quatro tipos de contracetivos hormonais que pode tomar sem auxílio profissional, e alguns outros em que precisará de um pouco de orientação de um clínico ou enfermeiro antes de os utilizar.

No Treated, oferecemos tanto a pílula contracetiva oral combinada (COC), que contém progesterona e estrogénio, como a pílula exclusivamente de progesterona (PEP), também chamada minipílula. As pílulas precisam de ser tomadas todos os dias, aproximadamente à mesma hora, para serem mais eficazes.

Existe também o adesivo, que é aplicado na pele como um emplastro e trocado uma vez por semana, e o anel vaginal, que é inserido na vagina uma vez por mês.

Outros tipos de contraceção incluem a injeção depo, o DIU (hormonal e não-hormonal) e o implante. Não é possível utilizá-los sem um clínico ou enfermeiro, por isso não os disponibilizamos. Também existem preservativos (tanto para homens como para mulheres) e o diafragma, que pode obter numa farmácia ou centro de saúde. Estes métodos também protegem contra as ISTs.

Qual é a melhor contraceção?

Depende de si, na verdade. Se gosta da segurança de tomar algo todos os dias e de saber que está protegida, recomendamos a pílula combinada ou a minipílula. Se gostar de uma opção de mais baixa manutenção, o adesivo semanal pode ser melhor. E se preferir comodidade, o anel mensal pode ser o melhor caminho a seguir.

As formulações também fazem a diferença. Algumas mulheres preferem pílulas com uma dose de estrogénio mais elevada, porque as ajuda com sintomas como secura vaginal ou baixo desejo sexual. Outras preferem uma dose mais baixa de estrogénio, porque terão menos probabilidades de sofrer de retenção de água ou de ter uma menstruação mais severa.

A pílula exclusivamente de progesterona é boa para mulheres que não podem tomar estrogénio devido a fatores de saúde, ou que estão a amamentar.

Portanto, é um caso de preferência pessoal, e depende do seu historial de saúde. Contudo, estamos disponíveis para auxiliá-la com todas as opções.

Reference Popover #ref1
Reference Popover #ref2
Revisto clinicamente por
Dr. Carlos Jorge Santos
Consultor Médico
a 02. agosto 2022.
Conheça o(a) Carlos  
Carlos
Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.

Como obtemos informação.

Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

Quão eficaz é a contraceção hormonal?

Todos os quatro principais tipos de contraceção hormonal (pílula combinada, minipílula, adesivo e anel) são mais de 99% eficazes quando são usados exatamente como deve ser. É a isso que os médicos chamam de “utilização perfeita”. Esta eficácia de 99% significa que se 100 mulheres usarem um destes tipos de contraceção durante um ano, apenas uma ficará grávida.

A utilização “típica” é um pouco menos perfeita e muito mais realista. Se usar contraceção mas cometer erros ocasionais, como esquecer uma pílula ou aplicar o adesivo com atraso, a eficácia cai para entre 91% e 94%. Isto significa que seis a nove mulheres em cem ficariam grávidas ao longo de um ano.

A melhor maneira de garantir que o seu controlo de natalidade é o mais eficaz possível é tomá-lo exatamente como dirigido, e por isso é importante encontrar o método que funciona melhor com o seu estilo de vida.

O que faz a contraceção?

O controlo hormonal da natalidade reduz as suas chances de engravidar ao alterar o ciclo hormonal normal do seu corpo. Impede a ovulação, que é quando o ovário liberta um óvulo no seu útero. As hormonas presentes no controlo da natalidade também impedem que as paredes do seu útero fiquem mais espessas com o seu ciclo. Quando a parede uterina é fina, é mais difícil para um óvulo ligar-se a ela e crescer.

A progesterona no controlo hormonal da natalidade também altera a espessura do muco cervical. Neste caso, as hormonas tornam-no mais espesso. E os espermatozoides têm mais dificuldade em chegar ao óvulo como resultado.

Que formas de contraceção estão disponíveis?

Há a pílula combinada, que normalmente vem numa embalagem de 21 pílulas, embora algumas marcas possam variar ligeiramente (e contêm 24 ou 28 pílulas, por exemplo). Com uma cartela de 21 pílulas, deve tomar uma pílula por dia até que a mesma fique vazia (isto é, durante as primeiras três semanas do seu ciclo) e depois fazer um intervalo de uma semana – é nessa altura que o sangramento deve ocorrer. Este é o tipo de contraceção hormonal mais utilizado. Chama-se pílula combinada porque contém duas hormonas: progesterona e estrogénio.

O método com adesivo também é um tratamento combinado, mas em vez de ingerir uma pílula por via oral, cola-se na pele como um autocolante. Não se preocupe – é concebido para ser eficaz durante os duches e permite até nadar sem grandes problemas. Durante três semanas por mês, o adesivo é usado durante uma semana e depois é trocado. Em seguida, faz-se uma pausa de uma semana sem adesivo, após a qual coloca um novo adesivo e o ciclo é repetido novamente.

O anel vaginal é também um método combinado de contraceção. É um pedaço de plástico macio e flexível que é inserido na vagina durante três semanas. Depois é retirado, com uma pausa sem anel durante uma semana e insere-se o anel seguinte.

As pílulas exclusivamente de progesterona, também chamadas minipílulas, são tomadas uma vez por dia continuamente (sem intervalo). São diferentes das opções combinadas porque transportam apenas uma hormona, a progesterona. Os comprimidos só de progesterona são recomendados para mulheres que podem ter efeitos secundários quando tomam estrogénio.

E as injeções contracetivas e os implantes contracetivos?

Várias opções de contraceção precisam de ser injetadas, inseridas ou administradas por um médico. Estas incluem a injeção anticoncecional, que é apenas de progesterona e administrada no braço. O Depo-Provera é uma marca popular da injeção contracetiva. Existe também um implante contracetivo que é colocado no braço.

O DIU, ou dispositivo intrauterino, é inserido através da vagina até ao útero por um clínico ou ginecologista e deixado no local até cinco anos. Há uma versão em cobre sem hormonas (normalmente chamada apenas DIU de cobre) e versões hormonais que são feitas de plástico, como o Mirena.

E todos conhecem o preservativo e o diafragma. Estes são chamados “métodos de barreira” porque impedem fisicamente os espermatozoides de alcançar um óvulo para o fecundar.

Perguntas Frequentes: Contraceção

Gostaria de saber algo específico sobre Contraceção? Consulte a nossa informação abaixo, ou faça uma pergunta aos nossos especialistas se não conseguir encontrar o que procura.

Porque devo comprar contraceção online no Treated?

Resposta:
Estamos a tornar a contraceção fácil. Informe-nos sobre a sua saúde para que os nossos clínicos possam aconselhá-la a escolher as opções de contraceção mais adequadas e seguras para si. Escolha o método que deseja e nós iremos prescrever-lhe o seu tratamento.

Se quiser que lhe prescrevamos o seu contracetivo de forma frequente e na quantidade que desejar, também o faremos.

Os nossos clínicos entrarão em contacto consigo regularmente para saber como se está a dar com a sua contraceção. Assim, se houver algo que gostaria de saber sobre o seu tratamento, ou se houver algum ajuste que gostaria que fizéssemos no seu método contracetivo, eles estarão à sua disposição.

Altere, pause ou cancele a sua subscrição a qualquer momento.

É possível obter contraceção não hormonal?

Resposta:
Sim. Preservativos masculinos, diafragmas e preservativos femininos não contêm quaisquer hormonas. São chamados "métodos de barreira" porque bloqueiam fisicamente os espermatozoides. Há também um tipo de DIU chamado DIU de cobre que não contém quaisquer hormonas.

Atualmente, não há nenhum comprimido sem hormonas que se possa tomar para evitar a gravidez.

Existe uma pílula contracetiva masculina?

Resposta:
Ainda não. A contraceção hormonal masculina ainda se encontra na fase de investigação clínica. Embora os ensaios recentes de um gel contracetivo sejam promissores, não há atualmente nada no mercado.

A opção mais amplamente disponível para os homens é o preservativo. Uma opção mais duradoura e absoluta é a vasectomia, que é um tipo de cirurgia reversível que bloqueia o tubo que transporta o esperma para a uretra.

Pode usar a contraceção para parar a menstruação?

Resposta:
Sim. As mulheres que tomam a pílula exclusivamente de progesterona descobrem frequentemente que a sua menstruação para ou torna-se muito mais leve. Por vezes, isto também acontece com a pílula combinada. Levest, Maexeni e Microgynon são menos suscetíveis de causar sangramentos severos do que outras pílulas. O anel e o adesivo também podem ajudar a reduzir sangramentos severos.

Se pretende aliviar a sua menstruação com controlo de natalidade hormonal, informe um dos nossos clínicos durante a sua consulta.

Qual é a diferença entre a contraceção e a pílula conhecida como "plano B"?

Resposta:
Métodos hormonais de contraceção como a pílula, adesivo e anel, assim como preservativos, são contracetivos primários, ou "plano A". É quando estes falham por alguma razão que a contraceção de emergência, também conhecida como a "pílula do dia seguinte" ou "plano B", pode precisar de ser considerada.

Um exemplo pode ser um preservativo que falha durante o sexo, ou se se esquecer de tomar a pílula e em seguida fizer sexo desprotegido. A contraceção de emergência é dada sob a forma de uma pílula única, e precisa de ser tomada dentro de um certo período de tempo após o sexo desprotegido para proteger contra a gravidez (normalmente 72 ou 120 horas, dependendo do método utilizado).

A pílula do dia seguinte funciona de forma semelhante no corpo ao controlo hormonal da natalidade, mas as duas não são intermutáveis. O plano A não pode ser usado no lugar do plano B, e vice-versa.

Se estiver preocupada que possa estar grávida porque o seu método contracetivo primário falhou, consulte imediatamente um médico, pois a pílula contracetiva de emergência pode não ser adequada.

O que é a contraceção de baixa dosagem?

Resposta:
Existem diferentes concentrações de hormonas nas pílulas contracetivas, anéis e adesivos. Doses mais elevadas podem ajudar a controlar sintomas como o acne, enquanto doses mais baixas vêm com menos efeitos secundários possíveis.

Não há diferença entre doses mais altas e mais baixas em termos de eficácia contracetiva. São igualmente bons na prevenção da gravidez. Tomar uma dose mais alta ou mais baixa tem mais a ver com os benefícios adicionais que gostaria de ter no seu contracetivo e se é sensível às hormonas.

As versões de dose baixa são uma excelente alternativa para as mulheres que experimentaram a versão normal e experimentaram efeitos secundários. A Minigeste (Femodette (20 mcg)) e a Gynera (Femodene (30 mcg)) são exemplos. Em alguns casos, porém, os comprimidos de dose baixa têm nomes completamente diferentes dos das versões regulares. Isto acontece mesmo com pílulas feitas pelo mesmo fabricante.

Se não tiver a certeza de qual o tipo de contraceção que é a melhor opção para si, o nosso clínico poderá ajudá-la a escolher.

Pode tomar contraceção para o acne?

Resposta:
Alguns comprimidos, para além de prevenirem a gravidez, podem ser eficazes na redução do acne. As pílulas específicas que se sobressaem nisto têm geralmente uma alta concentração de hormonas, o que significa que aumentam o risco de efeitos secundários e não são adequadas para todas. Os nossos clínicos podem aconselhá-la acerca de uma pílula que possa ajudar com o acne.

Quais são os efeitos secundários dos contracetivos?

Resposta:
Os efeitos secundários podem variar em função do tipo de contraceção que está a utilizar. O sangramento irregular é bastante comum quando se começa a usar um novo método contracetivo, mas normalmente estabiliza após cerca de dois meses.

Outros efeitos secundários comuns são o cansaço, alterações de humor, secura vaginal ou mudanças no desejo sexual. Se sentir estes efeitos secundários e eles não desaparecerem sozinhos, deixe uma mensagem a um dos nossos médicos - eles podem ajudá-la a encontrar um novo método contracetivo.

Em raras ocasiões, o controlo de natalidade hormonal pode causar graves efeitos secundários. Deve procurar cuidados médicos urgentes se tiver quaisquer nódulos mamários, sangramentos persistentes, sintomas de uma reação alérgica, sintomas de um coágulo sanguíneo, como aperto no peito ou sensibilidade na parte de trás da perna, icterícia ou qualquer outra coisa que a possa preocupar. Leia o folheto informativo que acompanha a sua contraceção para mais informações sobre os efeitos secundários e quando obter ajuda.
Quer saber outra coisa?

Adicionar um tratamento para comparar

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.

+274 avaliações no Trustpilot

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre Contraceção e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.

É a primeira vez que está connosco?

Pode continuar como convidado, ou iniciar sessão com a sua conta Treated, caso tenha uma.

+274 avaliações no Trustpilot