Verificado Verificado
O que é bom para o crescimento do cabelo?

O que é bom para o crescimento do cabelo?

É normal ter queda de cabelo. Na verdade, toda a gente perde entre 50 a 100 cabelos por dia. Sabia que o adulto comum tem, em média, cerca de 100.000 a 150.000 fios de cabelo? Por isso, encontrar alguns na sua escova de cabelo não é propriamente motivo de preocupação.

Talvez note que está a perder mais cabelo do que antes, e que não está a crescer novamente. Este é um problema comum, especialmente entre os homens, à medida que envelhecem. Por vezes, existem coisas que se podem fazer para abrandar a queda de cabelo ou ajudar no crescimento.

 

Carlos  Jorge
Revisto clinicamente por
Carlos Jorge , Consultor Médico
Índice
Revisto clinicamente por
Dr. Carlos Jorge Santos
Consultor Médico
a 03 novembro 2022.
Conheça o(a) Carlos  
Carlos
Este artigo foi útil?

O cabelo pode ser uma grande parte da nossa aparência. Para muitas pessoas, é uma forma de expressarem o seu estilo e personalidade. Por causa disto, sofrer de queda de cabelo pode ter um efeito na autoestima e na confiança de uma pessoa. Logo, é importante compreender porque é que isto pode acontecer, e o que se pode fazer para ajudar a tratar o problema.

A nossa saúde geral, dieta e saúde mental podem todas ter impacto no crescimento do cabelo, por isso vale mesmo a pena descobrir se existem algumas mudanças na nutrição e no estilo de vida que possa fazer para melhorar a saúde do seu cabelo. As vitaminas, os suplementos e cuidados capilares também podem ajudar, mas com tanta informação para analisar, temos de descobrir o que realmente funciona e o que não funciona.

Que vitaminas são boas para o crescimento do cabelo?

Se a queda de cabelo o(a) preocupa, é importante garantir que está a obter os nutrientes de que necessita com a sua dieta. Uma dieta equilibrada e variada deve ter todas as vitaminas e minerais de que necessita para um cabelo saudável. Por exemplo, alguns estudos constataram que uma dieta mediterrânica está ligada à redução da queda de cabelo, pois é uma dieta que envolve a ingestão de muitos vegetais e ervas frescas . A proteína é também vital para o crescimento do cabelo, e os alimentos ricos em proteínas incluem ovos, nozes, feijões, galinha e peixe.

Normalmente, comer alimentos específicos não resolve a queda de cabelo, a menos que já lhe falte algum nutriente, mas existem estudos que sugerem que as vitaminas podem fazer algumas mudanças. Vitaminas específicas que podem ajudar no crescimento do cabelo incluem:

Estudos sugerem que a vitamina A pode “aumentar a taxa de crescimento do cabelo” . Ajuda com a produção de sebo, que hidrata o couro cabeludo e mantém o cabelo mais saudável. Os alimentos ricos em vitamina A incluem batatas doces, pimentos e espinafres. Aliás, 30 g de espinafres podem proporcionar-lhe até 54% do seu consumo diário recomendado de vitamina A .

A vitamina C é um antioxidante que ajuda na saúde da pele e do seu sistema imunitário. O seu corpo não consegue produzir a sua própria vitamina C, por isso é importante consumi-la regularmente. Felizmente, muitos alimentos contêm vitamina C, como a maioria das frutas e legumes. Alguns exemplos de alimentos que contêm elevada vitamina C incluem kiwis, limões, tomates e papaias.

Estudos têm vindo a demonstrar que a falta de vitamina D está ligada à queda de cabelo . Acredita-se que desempenha um papel na produção capilar e a maioria das pessoas não consegue o suficiente. Os alimentos que contêm vitamina D incluem cogumelos, muitos tipos de peixe e gemas de ovos. Muitos cereais de pequeno-almoço, sumo de laranja e leite também são fortificados com vitamina D. Pode obter vitamina D através de mais exposição solar, mas assegure-se que protege a sua pele.

A vitamina E é outro antioxidante que mantém as suas células saudáveis e promove o crescimento do cabelo. Algumas boas fontes de vitamina E são espinafres, abacates, amêndoas, avelãs, amendoins, castanhas do Brasil, mangas, kiwis, bacalhau, azeitonas e sementes de girassol. Um estudo constatou que um grupo com queda de cabelo registou um aumento de 34,5% no crescimento do cabelo ao tomar suplementos de vitamina E durante um período de 8 meses .

Estudos demonstraram que uma deficiência em ferro pode afetar o crescimento do cabelo . O ferro ajuda os glóbulos vermelhos a fornecer oxigénio ao corpo, o que alimenta o seu metabolismo e ajuda o crescimento. Uma deficiência de ferro é uma das principais causas de queda de cabelo, especialmente em mulheres . Alguns alimentos ricos em ferro incluem carne vermelha, ovos, feijões e lentilhas, legumes de folhas verde-escuras e chocolate preto. A combinação de fontes de ferro com vitamina C pode facilitar a sua absorção pelo corpo em 67% . Assim, se beber um copo de sumo de laranja com os seus ovos ao pequeno-almoço, é muito mais provável que sinta os benefícios do ferro.

Os aminoácidos ajudam a formar proteínas e constituem um quinto do nosso corpo. Ajudam a manter a densidade, força e brilho do cabelo. Existem nove aminoácidos que o nosso corpo não consegue produzir sozinho, pelo que precisamos de os obter através da nossa dieta. Os alimentos que contêm estes nove aminoácidos essenciais incluem carne, peixe, ovos, soja e produtos lácteos. Também se pode certificar de que os obtém todos ao comer uma dieta variada.

Os ácidos gordos Omega-3 e Omega-6 são benéficos para o corpo e o cérebro. Os alimentos ricos em Omega-3 incluem peixes gordos como a cavala, nozes, linhaça e feijão vermelho. As fontes alimentares de Omega-6 incluem manteiga de amendoim, sementes de sésamo e óleos vegetais como os óleos de girassol. É importante assegurar um bom equilíbrio de ambos. Também se pode conseguir estes ácidos ómega ao tomar suplementos para promover a saúde do cabelo.

O zinco é essencial para reparar os danos no cabelo e promover o seu crescimento. Ajuda no funcionamento das glândulas sebáceas à volta dos folículos. Estudos mostram que a queda de cabelo pode ser afetada por uma deficiência de zinco, pelo que a toma de suplementos pode melhorar esta deficiência . Os alimentos ricos em zinco incluem carne bovina, espinafres, gérmen de trigo, lentilhas e sementes de abóbora.

As vitaminas para o cabelo funcionam? As vitaminas para o cabelo funcionam?

As vitaminas para o cabelo são suplementos que afirmam melhorar a força e o crescimento do mesmo. A maioria dos profissionais de saúde concorda que, a menos que sofra de uma deficiência grave de certos nutrientes, as vitaminas para o cabelo não terão um grande efeito no seu crescimento.

Não existem dados clínicos que demonstrem que as vitaminas para o cabelo possam ajudar no seu crescimento. De facto, alguns estudos constataram que podem agravar o estado do seu cabelo . Se acredita que pode sofrer de uma carência de uma determinada vitamina, o melhor é conversar com o seu médico. Poderá ser-lhe sugerido que faça alguns testes, e ser-lhe-á recomendado como deve proceder.

Existem remédios caseiros para o crescimento do cabelo?

Há muitos fatores diferentes que podem influenciar o crescimento do cabelo. Alguns destes incluem remédios caseiros que pode adicionar à sua rotina diária de cuidados com o seu cabelo. Por vezes, estes são postos de lado a favor de suplementos, mas existem muitas dicas para o crescimento do cabelo que pode facilmente realizar em casa para melhorar a saúde do cabelo. Remédios naturais para o crescimento do cabelo incluem:

Algumas pessoas afirmam que lavar o seu couro cabeludo com vinagre de cidra de maçã poderá ajudar a estimular o crescimento do cabelo. O seu uso pode fazer o seu cabelo parecer mais brilhante e não lhe faz mal, a menos que tenha um couro cabeludo sensível. Mas o vinagre de cidra de maçã não é um tratamento para a queda de cabelo. Deve falar com um profissional médico se procura um tratamento para a queda de cabelo.

Existem algumas evidências que sugerem que a cafeína aplicada topicamente pode ajudar a prevenir a minimização dos folículos capilares e, portanto, estimular o crescimento do cabelo. No entanto, é necessária mais investigação nesta área.

As massagens do couro cabeludo podem ajudar com o stress e relaxamento, mas também são benéficas para a saúde e crescimento do cabelo. Um estudo revelou que massagens do couro cabeludo diárias melhoram a espessura do cabelo após 24 semanas . Podem ajudar a dilatar os vasos sanguíneos debaixo da pele e aumentar o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo, levando os nutrientes aos folículos mais rapidamente. Isto protege o cabelo de quebras e danos.

Muitas pessoas dizem que o óleo de coco ajuda o seu cabelo a crescer mais depressa. Não há estudos que sugiram que o óleo de coco aumente a taxa de crescimento do cabelo, mas é um bom hidratante. Os cocos contêm ácido láurico, um ácido gordo frequentemente considerado muito bom para a pele. Por isso, embora o óleo de coco não faça o seu cabelo crescer mais depressa só por si, pode ajudar a mantê-lo saudável.

Algumas pessoas consideram que o uso de óleo de rícino para massajar as raízes ajuda o seu cabelo a crescer. Embora o óleo de rícino seja rico em certos nutrientes, ainda não existem nenhuns estudos que sugiram que seja eficaz para o crescimento do cabelo.

Muitos cabeleireiros irão recomendar cortes regulares para ajudar no crescimento do cabelo. Cortar o cabelo não afeta os folículos de onde o cabelo cresce, mas livra-se das pontas espigadas. As pontas espigadas sobem lentamente pelo fio de cabelo, atrasando o crescimento. Assim, os cortes podem eliminar os danos e evitar que se agravem. A longo prazo, isto mantém cada fio de cabelo saudável e sem quebra.

Tente não usar aparelhos como secadores e alisadores diariamente se quiser cuidar da saúde do seu cabelo. O calor danifica a estrutura do seu cabelo para o conseguir encaracolar ou alisar. Certifique-se de usar um protetor térmico ao pentear para manter o seu cabelo forte.

As fronhas de seda também podem proteger o seu cabelo ao prevenir o frisado e a quebra. Causam menos fricção do que as fronhas de algodão, deixando o cabelo menos vulnerável a danos.

Mudanças no estilo de vida para regenerar o cabelo

Quando temos cuidado com a nossa saúde em geral, estamos a ajudar o nosso cabelo. Ao fazer pequenas mudanças no estilo de vida e ao estar mais ciente dos hábitos e rotinas diárias, pode encorajar o crescimento do cabelo.

Fumar pode ser um fator na saúde do cabelo. Restringe o fluxo sanguíneo e os nutrientes de que o couro cabeludo depende. As toxinas contidas no fumo também deixam o cabelo vulnerável.

Embora não exista uma ligação direta entre a queda de cabelo e a ingestão de álcool, o consumo excessivo do mesmo pode causar uma perda de nutrientes e problemas hormonais. Isto pode afetar a aparência do seu cabelo e torná-lo mais fino.

É importante examinar os produtos que está a usar para o seu cabelo e descobrir se são adequados para o seu tipo de cabelo. Muitos produtos incluem ingredientes duros que podem danificar o seu cabelo.

O que devo fazer em relação à minha queda de cabelo?

Caso a queda e enfraquecimento do seu cabelo sejam uma preocupação, assegure-se de que está a viver um estilo de vida saudável. Coma uma dieta equilibrada, limite o stress e cuide do seu cabelo. Isto nem sempre vai resolver a queda de cabelo, e os passos seguintes são uma decisão sua. Há uma gama de opções para a queda de cabelo. Algumas pessoas acabam por aceitar a sua queda de cabelo, enquanto outras consideram tratamentos cirúrgicos ou medicação.

E medicação receitada para a queda do cabelo?

Poderá constatar que faz a sua vida da forma mais saudável possível e ainda perde cabelo. Muitas pessoas sentem isto à medida que envelhecem e querem uma solução. Existe uma gama de medicamentos que podem melhorar o crescimento do seu cabelo, só tem de conversar com um clínico. Ele poderá certificar-se de que não existem causas subjacentes para a sua queda de cabelo e dar-lhe conselhos sobre o tratamento. A nossa equipa no Treated pode dar-lhe uma ajuda para escolher o melhor tratamento para o seu cabelo.

Reference Popover #ref1
Reference Popover #ref2
Reference Popover #ref3
Reference Popover #ref4
Reference Popover #ref5
Reference Popover #ref6
Reference Popover #ref7
Reference Popover #ref8
Reference Popover #ref9
Reference Popover #ref10
Reference Popover #ref11
Reference Popover #ref12

Como obtemos informação.

Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

Diga-nos o que quer ouvir.

Deseja que abordemos um assunto num artigo futuro? Diga-nos.

Mantenha-se a par.

Queremos que os cuidados de saúde sejam mais sobre si. Subscreva à nossa newsletter para obter artigos de saúde personalizados que fazem a diferença.

Aviso: A informação fornecida nesta página não substitui o aconselhamento médico profissional, diagnóstico, ou tratamento. Em caso de dúvidas ou preocupações sobre a sua saúde, por favor, consulte um médico.

Sugerir um guia de saúde

Dê-nos a sua ideia aqui.

(E deixe também o seu e-mail, de modo a podermos informá-lo se escrevermos um artigo com base na sua sugestão).

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.
4.9

A nossa classificação média baseada em 230 revisões

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre Queda de cabelo e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.