Deve tentar manter as suas alergias bem controladas a qualquer momento, porém, é especialmente importante fazê-lo durante a gravidez. Manter-se saudável enquanto o seu corpo se altera e adapta durante este período é absolutamente essencial.

Independentemente de ter ou não uma condição de saúde pré-existente, aconselha-se a que todas as mulheres consultem o seu médico quando descobrem que estão grávidas.

Alterações hormonais

A gravidez desencadeia a libertação de hormonas que podem alterar a forma como o seu corpo reage a certos estímulos. Existe o risco das suas alergias se alterarem durante a gravidez.

Para algumas mulheres, os sintomas de alergia podem melhorar durante a gravidez, enquanto outras podem notar o seu agravamento. Em casos mais raros, as mulheres podem desenvolver uma alergia pela primeira vez durante a gravidez.

Se os seus sintomas de alergia se alterarem ou agravarem, deverá consultar o seu médico para reavaliar a sua condição. Poderão ser feitas alterações nas doses dos seus medicamentos ou ser feita uma alteração ao tratamento por completo.

Medicamentos

Muitas pessoas com alergias seguem tratamento para manter os seus sintomas controlados. Por exemplo, os asmáticos usam frequentemente inaladores de forma preventiva. Isto permite-lhes levar um estilo de vida normal.

Não deve fazer alterações aos seus medicamentos sem falar primeiro com o seu médico ou alergologista. Isto significa que deve continuar o tratamento a menos que indicado em contrário.

Se estiver grávida e parar abruptamente o seu plano de tratamento para as alergias, existe o risco dos seus sintomas se agravarem. Isto pode colocar a sua saúde e a do seu bebé em perigo.

Não se esqueça de falar com o seu médico antes de continuar a tomar medicamentos de venda-livre ou outros medicamentos complementares.

A gravidez não deve impedir a administração de tratamento para as alergias. Existem medicamentos que são seguros continuar a tomar durante a gravidez.

Se lhe foi prescrito um dispositivo de injeção com adrenalina, deve consultar o seu médico sobre o seu uso correto durante a gravidez.

Informação detalhada sobre as suas alergias deve ser escrita no seu boletim de grávida, para que seja do conhecimento de todos os elementos da equipa médica.

Alimentos

Se sofre de uma alergia alimentar ou evita certos alimentos devido a uma intolerância. Deve consultar o seu médico sobre a sua dieta.

Durante a gravidez terá de se assegurar de que recebe uma quantidade suficiente de nutrientes e de que nenhum nutriente essencial falta na sua dieta.

Hospitalizações

Durante a sua gravidez é provável que entre em contacto com vários profissionais médicos. Todos estes têm de conhecer a sua alergia para que lhe possam fornecer o tratamento mais seguro.

Se sofre de uma alergia grave e existe o risco de ser admitida num hospital em caso de emergência, poderá considerar comprar uma peça de joalharia com informação médica. Esta peça irá informar o pessoal médico sobre a sua alergia, para que possam ser tomadas as medidas necessárias antes do seu tratamento.

A preparação é fundamental no que diz respeito à sua hospitalização no momento do parto. O seu boletim de grávida deve já conter informação sobre a sua alergia. Contudo, como os hospitais podem ser locais muito ocupados, é bom relembrar os profissionais que a estão a tratar a cada fase do procedimento.

Se sofre de uma alergia a medicamentos, deve verificar com o seu médico ou enfermeira se o medicamento em questão é administrado normalmente durante o processo de parto.

Não se esqueça de levar consigo para o hospital os seus medicamentos habituais. Garanta que informa o pessoal médico sobre os medicamentos que está a tomar, para que não ocorram interações medicamentosas perigosas.

O meu filho poderá herdar a minha alergia?

Infelizmente não existe forma de saber se o seu filho poderá ou não herdar a sua alergia. Estima-se que se um dos pais sofre de uma alergia, existe um risco 30% maior do seu bebé sofrer da mesma alergia. Se ambos os pais têm uma alergia, o risco aumenta para 60-80%*.

Não existe uma evidência clínica conclusiva que sugira que possa prevenir determinadas alergias durante a gravidez.

As mulheres grávidas devem concentrar-se em manter-se saudáveis durante a gravidez e ingerirem uma dieta equilibrada, mantendo-se ativas e evitando o tabaco.

Existe uma discussão em curso sobre se a amamentação pode ajudar a proteger o bebé contra certas alergias.

A amamentação exclusiva até aos 6 meses de idade é recomendada pela Organização Mundial de Saúde. Contudo, a proteção contra alergias não é um dos benefícios listados pelos Sistema de Saúde.

Mantenha-se saudável

Deve ter alguns cuidados durante a gravidez de forma a manter-se o mais saudável possível. Deve por isso:

  1. Consultar o seu médico para que este possa avaliar a sua alergia e ajustar quaisquer medicamentos se necessário.
  2. Tomar os seus medicamentos para a alergia tal como indicado pelo seu médico.
  3. Seguir uma dieta saudável. Evite apenas os alimentos da lista fornecida pelo seu médico e aqueles a que tem alergia ou intolerância.
  4. Manter-se ativa e fazer exercício regular.

Em cada fase da sua gravidez, garanta que todos os profissionais médicos se mantêm informados sobre a sua alergia.

Página revista em:  26/04/2018