PrEP

Verificado Verificado
PrEP especificações

PrEP especificações

Se estiver em risco de contrair VIH e já considerou as suas opções, poderá já ter pesquisado sobre a PrEP. O que significa a PrEP e como é que lhe poderá ajudar?

Daniel Atkinson
Revisto clinicamente por
Daniel Atkinson, Líder Médico de Clínica Geral
Índice
Este artigo foi útil?

O que é a PrEP?

A PrEP (também conhecida como Profilaxia Pré-Exposição) é uma forma de prevenção da infeção por VIH. É utilizado por pessoas que estão em risco de serem expostas ao vírus VIH. Também deve ser utilizada durante a gravidez ou amamentação quando existe o risco da mãe contrair o VIH, uma vez que pode ser transmitido ao bebé.

Impede que o vírus se reproduza no seu corpo e, como resultado, impede o desenvolvimento do VIH. Só deverá tomá-la se estiver em risco de exposição ao vírus. Se tiver VIH, não será eficaz, e deverá procurar com o seu médico outras opções de tratamento disponíveis.

A PrEP contém dois principais princípios ativos: o Tenofovir e a Emtricitabina. Por vezes a PrEP é comercializada como Truvada que é a sua versão de marca. Existe também uma versão genérica deste medicamento, que contém exatamente os mesmos princípios ativos e funciona da mesma forma.

Geralmente é necessário tomá-la todos os dias se estiver em constante risco de exposição ao VIH, por exemplo se o seu parceiro ou parceira tem VIH. Também poderá ser tomada “por demanda”, ou seja, em situações em que vai ter relações sexuais com alguém seropositivo, ou com alguém cujo estado de VIH é desconhecido. Atualmente, a PrEP por demanda está disponível homens que fazem sexo com homens, entre homens e mulheres sero-discordantes para o VIH e em utilizadores de drogas injetáveis, e é necessario tomá-la de forma específica.

Se utilizar a PrEP exatamente como indicado pelo seu médico, esta será muito eficaz na prevenção do desenvolvimento do VIH. Não funcionará se já tiver sido exposto ao vírus. Nesses casos, poderá ter de explorar outras opções, tais como os medicamentos PEP (Profilaxia Pós-Exposição).

Quando utilizada conforme prescrito, a PrEP reduz o risco de contrair VIH transmitido através do sexo em cerca de 99%. Existem menos dados sobre a eficácia da PrEP quando é utilizada por pessoas que injetam drogas, mas pensa-se que é pelo menos 74% eficaz na prevenção do VIH quando utilizada para esse fim .

A PrEP é mais eficaz quando combinada com outros métodos e tratamentos. Se o seu parceiro é portador de VIH, mas recebe tratamento para reduzir a sua carga viral para níveis indetetáveis, as probabilidades de transmissão são basicamente reduzidas a zero.

Num estudo de 888 casais que participaram no projecto PARTNER 2 , verificou-se que após 58.000 atos de sexo penetrativo sem preservativo entre casais onde um deles tinha níveis indetetáveis de VIH, não houve qualquer incidência de transmissão do VIH. Isto significa que, se os medicamentos PrEP forem utilizados corretamente, oferecem efetivamente uma proteção completa contra a contração do VIH, frequentemente referidos como indetetáveis = intransmissíveis (U=U).

A PrEP é concebida para ser utilizada se estiver em risco de contrair o VIH. Se está numa relação com alguém que já é seropositivo, deve tomá-la diariamente e fazer o teste a cada três meses para se certificar que não é seropositivo.

Também poderá usar a PrEP por demanda, se souber que vai ter relações sexuais com alguém que não sabe o seu estado de seropositividade, ou se sabe que a pessoa com quem vai ter relações sexuais é seropositiva.

Se estiver a tomar PrEP por qualquer uma destas razões, deve continuar a praticar sexo seguro e usar contracetivos de barreira, como preservativos. A PrEP apenas o protegerá do VIH e não de outras DSTs.

Se regularmente injeta drogas com agulhas que possam ser partilhadas ou contaminadas,
também deve tomar PrEP todos os dias, e fazer o teste a cada três meses.

Se já for seropositivo, ou achar que já foi exposto ao VIH, então a PrEP não será adequada para si. Nestes casos, é melhor falar com um médico sobre as suas opções. Medicamentos como PEP (Profilaxia Pós-Exposição) poderão ser uma melhor opção, uma vez que podem ser tomados após a exposição ao vírus.

Deve sempre tomar a PrEP conforme as instruções do seu médico, para se certificar que está a ter uma proteção total e que está a utilizá-la em segurança.

Existem duas formas diferentes de tomar a PrEP. A primeira forma está relacionada com a prescrição para uso diário e a segunda com a prescrição por demanda.

Para uso diário:

  • Um comprimido por dia, tomado com comida.
  • Tome-a à mesma hora todos os dias.
  • Doses diferentes podem ser prescritas, dependendo se é adolescente ou adulto.


Se se esquecer de tomar a PrEP:

  • Se se lembrar dentro de doze horas, tome-a e continue com a dose seguinte como habitualmente.
  • Se ultrapassar doze horas, salte a dose em questão e tome a dose seguinte no dia seguinte, à hora habitual.


Para uso por demanda:

A PrEP por demanda é basicamente o que o nome sugere. Só se toma quando se sabe que se irá ter relações sexuais com alguém que é seropositivo ou cujo o estado de seropositividade é incerto. Toma menos comprimidos durante um período mais curto antes e depois do sexo.

Existem algumas regras a seguir para garantir que funciona, mas é altamente eficaz na prevenção da exposição do VIH para homens de alto risco e que fazem sexo com outros homens .


Tome uma dose dupla (dois comprimidos) 2 a 24 horas antes do sexo.


Em seguida, continue da seguinte forma:

  • Tome apenas um comprimido exatamente 24 horas após a sua dose inicial dupla.
  • Tome mais um comprimido 24 horas depois disso.


Uma das melhores formas de memorizar esta dosagem é pensar ‘2-1-1’.

No entanto, se estiver a tomar PrEP, seja diariamente ou por demanda, terá de fazer um teste de VIH de três em três meses para ter a certeza que ainda testa negativo. No caso do teste ser positivo, terá de parar de tomar PrEP e falar sobre outras opções com o seu médico.

Quanto tempo demora a PrEP a fazer efeito?

A PrEP atingirá a sua máxima proteção a velocidades diferentes, dependendo do tipo de sexo que se está a ter. Por exemplo, se estiver a praticar sexo anal recetivo (passivo) obterá proteção máxima após sete dias de uso contínuo. Se estiver a praticar sexo vaginal recetivo, poderá demorar até 21 dias de uso diário contínuo para alcançar a mesma proteção.

Atualmente, não existem dados clínicos disponíveis sobre proteção para sexo anal (ativo) ou sexo vaginal insertivo.

Estudos mostram que a toma de PrEP por demanda é muito eficaz para parar a propagação do VIH. Se tomar as quatro doses recomendadas (2-1-1) nas 24 horas anteriores, e nas 48 horas após o sexo, deverá obter a máxima proteção contra a contração do VIH.

E quanto à PrEP por demanda?

A PrEP por demanda é a opção que deve escolher se não tiver um parceiro seropositivo, mas está a antecipar a possibilidade de ter sexo casual com pessoas que podem ser.

Terá de tomar dois comprimidos, 2 a 24 horas antes da relação sexual, após 24 horas terá de tomar mais um comprimido, após outras 24 horas deverá tomar uma dose final.

É altamente eficaz a ajudar a prevenir a infeção pelo VIH em homens que estão em alto risco e que têm relações sexuais com outros homens. Oferece uma solução viável para o uso diário da PrEP e fornece proteção contra a infecção pelo VIH. Contudo, este método é apenas adequado para o sexo anal e não para o sexo vaginal ou frontal.

Preciso usar preservativo se uso a PrEP?

Sim, precisa de usar preservativos mesmo se usar a PrEP. Como a PrEP apenas fornece proteção contra o VIH, precisará de usar um contracetivo de barreira se dormir com alguém que possa ter uma DST diferente.

Contracetivos de barreira, como o preservativo masculino ou feminino, podem fornecer 98% de proteção contra o VIH e outras DSTs, quando utilizados corretamente.

A PrEP não é um método contracetivo, portanto, terá de usar um preservativo para se proteger contra a gravidez, ou considerar a pílula contracetiva se for mulher.

Para a maioria das pessoas, há muito poucos efeitos secundários da toma da PrEP. Alguns dos mais comuns, quando se inicia o tratamento, são provavelmente náuseas, fadiga e tonturas. Depois de se habituar à dose e tomar a medicação todos os dias, estes devem passar muito rapidamente.

O Descovy é um tipo de PrEP diferente da Truvada, e atualmente só está autorizado nos EUA. O Descovy contém os princípios ativos: Tenofovir Alafenamida e Emtricitabina.

É normalmente recomendado para adolescentes e adultos se estiverem em alto risco de contrair o VIH através do sexo. No entanto, isto é apenas para as pessoas que têm sexo anal recetivo ou insertivo e não inclui pessoas em risco de contrair o VIH através do sexo vaginal. Não existem ctualmente estudos sobre a utilização do Descovy para o sexo vaginal.

PEP significa Profilaxia Pós-Exposição, enquanto que PrEP significa Profilaxia Pré-Exposição. Toma-se PrEP para prevenir a contração do VIH se se pensar que se pode correr o risco de ficar exposto ao mesmo. A PEP só deve ser tomada depois da exposição ao vírus.

Normalmente, terá de tomar Truvada pós-exposição durante 28 dias após a possível exposição, mas é sempre uma boa ideia falar com o seu médico sobre as suas circunstâncias.

A PEP deve ser tomada dentro de 72 horas após a exposição, e destina-se apenas a situações de emergência. Não é tão eficaz como a PrEP na prevenção da propagação do VIH. A PrEP continua a ser a melhor estratégia de prevenção do VIH para pessoas que não têm VIH, mas que correm o risco de contraí-lo.

Como obter a PrEP

A PrEP está disponívelPrEP gratuitamente em Portugal através dos hospitais que integram a rede de referenciação hospitalar para a infeção por VIH. A sua prescrição é realizada por médicos especialistas, após avaliação do risco de aquisição de infeção por VIH e de outras infeções sexualmente transmissíveis, mediante o seu consentimento informado. Não pode ser obtida através do seu médico de família.

No Treated, poderá adquirir a PrEP que lhe será enviada por correio de forma discreta e conveniente, através de uma subscrição que se adequa ao seu estilo de vida. Tudo o que precisa de fazer é falar conosco sobre a sua saúde, informar-nos sobre quaisquer outros medicamentos que esteja a tomar e para que precisa da PrEP. Nós faremos o resto.

Se tiver alguma dúvida, estamos sempre disponíveis para lhe ajudar, e iremos acompanhar o seu tratamento, para nos certificarmos que está a correr bem.

Como obtemos informação.

Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

Reference Popover #ref4
Reference Popover #ref3
Reference Popover #ref2
Reference Popover #ref1

Deixe-nos ajudar a escolher melhor.

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.
4.7

A nossa classificação média baseada em 16387 revisões

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre PrEP e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.