+274 avaliações no Trustpilot

Comece por €75.00
Lariam_blister
Comece por €75.00
Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.

Comprar Lariam online.

O Lariam só precisa ser tomado uma vez por semana para proporcionar proteção contra a malária, em algumas das zonas de mais alto risco do mundo.

Encomende o Lariam online connosco e obtenha uma proteção eficaz contra a malária quando viajar.

Comece por €75.00
Aqui está tudo o que está incluído no preço:
Consulta
Responda a algumas perguntas sobre a sua saúde para que o(a) possamos conhecer melhor.
Entrega gratuita em 48h
O seu tratamento será entregue numa embalagem segura em apenas dois dias.
Cuidados pós-venda
Iremos falar consigo regularmente para saber como está a correr o seu tratamento.
Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.

Os seus parceiros na saúde

Dr. Daniel Atkinson

Líder Médico de Clínica Geral
Dr. Daniel

Registado na IMC (No. 430652)

Conheça o(a) Daniel  

Sr. Craig Marsh

Farmacêutico Prescritor
Sr. Craig Marsh

Registado na GPhC (No. 2070724)

Conheça o(a) Craig  

Escolha como realiza os cuidados de saúde

Nós conhecemos a saúde, mas você conhece-se a si.
Os nossos especialistas indicam-lhe o que é seguro, mas a decisão do que é melhor é sua.

1Consulte no seu próprio tempo

Consulte no seu próprio tempo

Responda a algumas perguntas e fale-nos de si. Obtenha conselhos personalizados dos nossos clínicos de modo a poder escolher melhor.

2Tratamentos adequados à sua vida

Tratamentos adequados à sua vida

Escolha o seu tratamento e a frequência com que o recebe.

3A sua saúde, continua

A sua saúde, continua

Sabemos que as coisas mudam. É a natureza da vida. Iremos verificar regularmente se o seu tratamento ainda é o mais adequado para si.

4Controlo ao alcance dos seus dedos

Controlo ao alcance dos seus dedos

Pausar. Mudar. Saltar. Recomeçar. Sempre que quiser.

Como estamos classificados?

Rapidez e qualidade associados a profissionalismo. Bem hajam e continuem a operar assim.

Pedro Quaresma

super rápido e eficiente

Maria Beatriz

Rapidez *****

Angela Ferreira

Tudo 5 estrelas

Luis

Entrega super rápido, veio embalado em caixa de isopor e gelo perfeito.super recomendo

Jane muller

Não tenho comentários a fazer

Carlos Camponez

O Treated.com está classificado em 4.5 de 5 por 274 clientes no TrustPilot.

Mantenha-se a par.

Queremos que os cuidados de saúde sejam mais sobre si. Subscreva à nossa newsletter para obter artigos de saúde personalizados que fazem a diferença.

Isenção de Responsabilidade: A informação apresentada nesta página não substitui o aconselhamento médico profissional, diagnóstico, ou tratamento. Caso tenha quaisquer perguntas ou preocupações sobre a sua saúde, deve consultar um médico.

We’ll deliver to you by
From

O que é o Lariam?

O Lariam, fabricado pela Cheplapharm, é utilizado para prevenir a malária e contém o princípio ativo mefloquina. É normalmente recomendado a pessoas que viajam para certos locais na América do Sul, África central e subsaariana e sudeste asiático, que são consideradas zonas de alto risco.

O Lariam não é normalmente prescrito para viagens a países cujo risco de malária é baixo ou moderado, mas poderá ser recomendado se outros medicamentos antimaláricos, como o Malarone ou a Doxiciclina, não forem adequados para si. O Lariam também é recomendado se viajar para uma área com malária difícil de tratar.

O Lariam é tomado antes, durante e depois de viajar para uma área de alto risco. Toma-se uma vez por semana e inicia-se dez dias antes de viajar. Continuará a tomá-lo uma vez por semana, no mesmo dia, ao longo da sua viagem, e semanalmente por mais quatro semanas após a sua viagem.

Como todos os medicamentos, o Lariam pode causar efeitos secundários. Existe uma probabilidade ligeiramente maior, de experienciar efeitos secundários com o Lariam em comparação com o Malarone, portanto, normalmente só é prescrito o Lariam, se o Malarone não for adequado para si.

Como é que o Lariam funciona?

Estima-se que, em 2019, 229 milhões pessoas tenham sido contaminadas pela malária em todo o mundo . A malária é uma doença potencialmente fatal causada pelo parasita plasmodium, que é transportado por mosquitos. A malária é transmitida aos seres humanos quando um mosquito, portador do parasita, pica e perfura a pele.
Os sintomas da malária incluem febre, vómitos e dores de cabeça. Os sintomas aparecem geralmente entre 7 a 18 dias após a infeção, mas em alguns casos pode levar até um ano para que se aperceba deles.

A mefloquina, o princípio ativo do Lariam, impede os parasitas plasmodium de se multiplicarem no seu organismo. Faz isto impedindo a criação de uma enzima que o parasita necessita para se espalhar por todo o seu corpo. Assim que o parasita enfraquecer, o seu sistema imunitário poderá matá-lo.

Que doses do Lariam existem?

O Lariam está disponível numa única dose: 250 mg. É adequado para adultos e crianças com peso superior a 45kg.

Toma-se um comprimido por semana e inicia-se dez dias antes de se viajar para uma área de alto risco. Depois toma-se um comprimido por cada semana em que se está na área de alto risco. Assim que deixar a área de alto risco, toma-se um comprimido semanalmente, por mais quatro semanas. Em certos casos, nomeadamente, se estiver a tomar outros medicamentos, poderá querer iniciar a toma de Lariam duas a três semanas antes de viajar. Assim, poderá garantir que a combinação dos medicamentos não lhe causa quaisquer efeitos desagradáveis.

É possível que crianças pequenas tomem o Lariam, mas a dose terá de ser alterada (dependendo do peso da criança).

Reference Popover #ref3
Reference Popover #ref2
Reference Popover #ref1

Como tomar o Lariam

É importante tomar o Lariam antes, durante e depois de visitar uma área de alto risco. Deve sempre completar o tratamento com o Lariam conforme lhe é prescrito, para garantir que está protegido contra a malária.

Deve sempre tomar o Lariam segundo as instruções dos nossos clínicos. Se tiver alguma dúvida ou pergunta, consulte a bula do medicamento ou o seu médico.

Como tomar o Lariam:

  • Tome um comprimido uma vez por semana, sempre no mesmo dia da semana.
  • Tome o primeiro comprimido 10 dias antes de viajar para uma área de alto risco.
  • Tome a segunda dose três dias antes de viajar para uma área de alto risco.
  • Continue a tomar um comprimido, uma vez por semana, enquanto estiver na área de alto risco, tome sempre o comprimido no mesmo dia da semana.
  • Continue a tomar um comprimido uma vez por semana, por quatro semanas, após sair da área de alto risco, tome o comprimido sempre no mesmo dia da semana.

Quanto tempo demora o Lariam a fazer efeito?

Se começar a tomar o Lariam 10 dias antes de viajar para uma área de alto risco, este deverá começar a funcionar e ajudar na prevenção da malária antes de viajar.

É necessário 6 a 24 horas para que o princípio ativo entre na sua corrente sanguínea, mas ao tomar o Lariam com dez dias de antecedência terá tempo para lidar com quaisquer efeitos secundários antes de viajar, e mudar para outro medicamento se necessário. Também significa que o seu corpo poderá habituar-se a ele antes de viajar.

O que devo fazer se cometer um erro ao tomar o Lariam?

Se falhar uma dose do Lariam, deve tomar a dose em falta assim que se lembrar. Se estiver quase na altura de tomar a dose seguinte, deve saltar a dose em falta e continuar como habitualmente. Não deve duplicar a dose do Lariam.

Se exceder a dose do Lariam acidentalmente, contacte um médico para que lhe possa orientar.

Revisto clinicamente por
Dr. Carlos Jorge Santos
Consultor Médico
a 02. agosto 2022.
Conheça o(a) Carlos  
Carlos
Esta página foi revista clinicamente por Dr. Carlos Jorge Santos, Consultor Médico, Consultor(a) Médico(a) a 02. agosto 2022. A próxima revisão será realizada a 01. agosto 2024.

Como obtemos informação.

Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

Perguntas Frequentes: Lariam

Gostaria de saber algo específico sobre Lariam? Consulte a nossa informação abaixo, ou faça uma pergunta aos nossos especialistas se não conseguir encontrar o que procura.

Preciso de receita médica para comprar o Lariam?

Resposta:
O Lariam só está disponível mediante receita médica. Um médico precisa de se certificar que é adequado para a área que se está a deslocar. Também precisará verificar se poderá tomá-lo e monitorizar quaisquer efeitos secundários que sinta quando começar a tomar.

Porque devo comprar o Lariam online no Treated?

Resposta:
Depois de falar com um dos nossos clínicos, será estabelecido um plano de tratamento que funcione para si e para os seus planos de viagem. Durante a sua consulta, um dos nossos clínicos discutirá os seus planos de viagem e o seu historial médico e também verificará se sabe como tomá-lo.

Assim que o medicamento lhe for prescrito, este ser-lhe-á entregue para que possa começar a tomá-lo antes de viajar.

Se tiver alguma dúvida pelo caminho, basta contactar-nos e um dos nossos médicos especialistas irá ajudar.

Quão eficaz é o Lariam?

Resposta:
O Lariam é uma forma altamente eficaz de prevenir e tratar a malária.

Os ensaios clínicos mostram que a mefloquina é quase 100% eficaz na proteção contra a malária. Os baixos níveis de resistência nos parasitas da malária também o tornam num medicamento altamente eficaz para quem viaja para zonas de alto risco. O Lariam é tão eficaz como a cloroquina o era, até algumas estirpes da malária desenvolveram resistência a ela.

Tem mais probabilidades de sofrer efeitos secundários com o Lariam do que com o Malarone.
Uma em cada 10.000 pessoas considera a mefloquina imprópria, e é por isso que é importante tomá-la antes de viajar para verificar se se sente bem quando a toma .

Os efeitos secundários do Lariam podem ser experienciados depois de deixar de tomá-lo. Um número reduzido de pessoas tem tonturas, depressão e perda de equilíbrio por mais de um mês, após deixarem de tomar o Lariam.

Que dose de Lariam devo usar?

Resposta:
O Lariam só está disponível numa dose: 250 mg. Adultos e crianças com mais de 45kg devem tomar um comprimido inteiro, uma vez por semana.

As crianças mais pequenas podem tomar o Lariam mas a dose precisa ser ajustada em função do peso. Isto é feito dando uma fração da dose e partindo os comprimidos.

As crianças de 5 a 19 kg geralmente tomam um quarto dum comprimido, as de 20 a 30 kg geralmente tomam meio comprimido, e as de 31 a 45 kg tomam três quartos dum comprimido.

As crianças devem ser supervisionadas por um adulto quando tomam o Lariam.

O Lariam é semelhante a qualquer outro medicamento?

Resposta:
O Lariam funciona de forma semelhante a outros comprimidos contra a malária, mas o seu princípio ativo é diferente e mais eficaz contra certas estirpes de malária, uma vez que os parasitas da malária não têm qualquer imunidade contra ele.

O Malarone é outro medicamento comum contra a malária. Contém um princípio ativo chamado cloroquina. Algumas estirpes da malária desenvolveram resistência à cloroquina, portanto, já não é tão eficaz.

A Doxiciclina é outra alternativa ao Malarone e ao Lariam, e não contém cloroquina. A Doxiciclina é um antibiótico, portanto, é necessário que seja utilizada corretamente para evitar a resistência ao antibiótico.

Qual é a diferença entre o Lariam e os outros medicamentos contra a malária?

Resposta:
Ao contrário dos outros medicamentos contra a malária, o Lariam só é tomado uma vez por semana. Os comprimidos contra a malária como a Doxiciclina e o Malarone precisam ser tomados todos os dias.

O Lariam, o Malarone e a Doxiciclina contêm todos princípios ativos diferentes, pois são todos medicamentos diferentes .

O Lariam é recomendado para áreas de alto risco pois o parasita que causa a malária tem pouca resistência ao seu princípio ativo, a mefloquina.

É utilizado pelo Ministério da Defesa para proteger o pessoal militar destacado para áreas de alto risco .

Se visitar uma zona de baixo risco mas não puder tomar o Malarone ou a Doxiciclina, o Lariam poderá ser uma forma alternativa de proteção contra a malária.
Quer saber outra coisa?

Adicionar um tratamento para comparar

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.

+274 avaliações no Trustpilot

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre Malária e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.

É a primeira vez que está connosco?

Pode continuar como convidado, ou iniciar sessão com a sua conta Treated, caso tenha uma.

+274 avaliações no Trustpilot