Índice
Este artigo foi útil?

O que é o Viagra (Sildenafil)?

É visto como o “primeiro” tratamento para a DE a aparecer no mercado e tem sido utilizado por milhões de homens. A empresa farmacêutica Pfizer detém a marca Viagra, bem como o design distinto do comprimido em forma de diamante.

Tudo isto ajudou o comprimido Viagra a tornar-se o maior interveniente no campo da disfunção erétil. Mas vamos deixar o seu estatuto de lado por um momento. Como funciona? O princípio ativo do Viagra denomina-se citrato de sildenafil e ajuda com as ereções ao relaxar os vasos sanguíneos do pénis.

Uma ereção com vasos sanguíneos relaxados?

Pode parecer contraintuitivo, mas não é – quando os seus vasos sanguíneos estão muito tensos, o sangue não consegue alcançar devidamente o pénis. O citrato de sildenafil melhora a circulação e permite obter ereções mais firmes, que duram o suficiente para uma atividade sexual.

Embora seja o tratamento de marca, também existem outros nomes para o Viagra. O produto Sildenafil (com S maiúsculo) é o Viagra genérico. O sildenafil funciona exatamente da mesma maneira que o Viagra, mas é desenvolvido por empresas diferentes. Embora contenha o mesmo princípio ativo, um comprimido de Sildenafil pode ter um design e embalagem exclusivos, dependendo de quem o fabrica. E porque não traz essa etiqueta de preço de marca, o Sildenafil é normalmente mais barato.

O Viagra e o Sildenafil são tomados conforme necessário, o que significa que tomará o seu comprimido cerca de uma hora antes de ter sexo. Funcionará durante cerca de cinco horas e não deve tomar mais do que um num período de 24 horas. Não se preocupe – isto não significa que terá uma ereção durante a totalidade das cinco horas. Os tratamentos para a DE, tais como o Viagra e o Sildenafil, ajudam-no a ter uma ereção, mas deve contudo estar excitado para que funcionem.

Um pouco da história rápida do Viagra

Embora o Viagra tenha sido aprovado para tratar a disfunção erétil há mais de duas décadas, foi originalmente desenvolvido em 1989 por dois cientistas da Pfizer – Peter Dunn e Albert Wood – para tratar a hipertensão e a angina.

A testagem do Viagra como um possível tratamento de doenças cardíacas iniciou-se no início dos anos 90, mas mostrou-se pouco promissora. No entanto, os participantes dos testes notaram um aumento no número de ereções que estavam a ter. Isto conduziu a estudos-piloto sobre a sua utilização como um tratamento para a disfunção erétil. A FDA americana aprovou o Viagra como um medicamento para a disfunção erétil em 1998.

A Pfizer manteve a patente do Viagra durante 15 anos, até ter expirado no Reino Unido em 2013. Isto permitiu que outras empresas começassem a desenvolver as suas próprias versões do Viagra com o mesmo princípio ativo (citrato de sildenafil). Até a Pfizer começou a produzir um Viagra genérico.

O citrato de sildenafil (o princípio ativo do Sildenafil e do Viagra) também é vendido como Revatio, um medicamento para a hipertensão arterial pulmonar ou HAP.

Qual é o aspeto de um comprimido de Viagra?

ViagraO comprimido de Viagra é azul e possui a forma de um diamante. Os comprimidos de Viagra têm “Pfizer” escrito num lado e a dosagem no outro (ou seja, VGR25, VGR50 ou VGR100 para indicar doses de 25 mg, 50 mg ou 100 mg).

comprovado para a DE com um nome conhecido. A maioria dos homens considera que o Viagra funciona na primeira ou segunda vez que o experimentam e oferece alguma flexibilidade com as doses disponíveis: 25 mg, 50 mg e 100 mg.

É provável que comece com a dose de 50mg, mas se notar efeitos secundários, esta pode ser ajustada para 25 mg. Se a dose de 50mg não funcionar tão bem como gostaria, tem também disponível a opção de 100 mg.

Outra vantagem do Viagra é que é fácil de usar. Toma um comprimido uma hora antes de ter sexo e este deve permanecer ativo no corpo até cinco horas. Portanto, tem muito tempo para desfrutar da intimidade com o seu parceiro ou a sua parceira.

Só se consegue adquirir Viagra para homens?

Sim. Os comprimidos de Viagra são apenas para homens. Existe um medicamento para mulheres denominado Addyi, que às vezes é conhecido como o “Viagra feminino”, mas é usado para tratar um problema completamente diferente e funciona de uma maneira totalmente diferente. Embora o Viagra ajude a tornar o sexo fisicamente possível, precisará contudo de excitação para ter uma ereção. O Addyi é prescrito para ajudar a aumentar a excitação, em vez de ter impacto na mecânica física do sexo, pelo que não deve ser confundido com o Viagra masculino.

O que é o Viagra genérico?

O Sildenafil é a versão genérica do Viagra para o tratamento da DE. O Viagra tem o mesmo princípio ativo (citrato de sildenafil), mas um aspeto, marca, formulação e preço específicos.

O Sildenafil pode ser fabricado por outras empresas e pode ter um aspeto, preço e lista de princípios inativos diferentes, dependendo do fabricante. Porém, todos os produtos com Sildenafil devem comprovar a sua bioequivalência antes de serem aprovados, o que significa possuírem a mesma quantidade de princípio ativo e produzirem o mesmo resultado.

Interprete isto como o ibuprofeno, o medicamento que pode tomar para as dores de cabeça. Pode ir a uma loja comprar o Brufen, que é uma versão de marca do ibuprofeno e provavelmente um pouco mais caro. A loja também pode ter vários outros tipos de ibuprofeno, incluindo a sua própria linha (provavelmente a mais barata). Todos estes medicamentos irão ajudá-lo com a sua dor de cabeça, mas o tamanho e a cor do comprimido, a marca da embalagem e os princípios inativos podem ser um pouco diferentes.

O Sildenafil foi lançado em 2013, após a patente do Viagra ter expirado e tende a custar bem menos. Portanto, se procura um produto mais barato, pode escolher o Sildenafil.

Sildenafil vs citrato de sildenafil: qual é a diferença?

A diferença entre Sildenafil e citrato de sildenafil resume-se na verdade à semântica. O citrato de sildenafil é o nome do princípio ativo do Viagra (e do Sildenafil), enquanto o Sildenafil (com ‘S’ maiúsculo) é a versão genérica do Viagra – um medicamento que contém citrato de sildenafil. No entanto, por vezes o “sildenafil” é utilizado como abreviatura para citrato de sildenafil. Dependendo da frase onde o vê, pode por vezes ter dificuldade em entender se se refere ao medicamento ou ao princípio.

Embora a dosagem possa ser diferente, todos os comprimidos de citrato de sildenafil devem funcionar da mesma forma, seja qual for a empresa que os fabrique. As principais diferenças entre eles são a embalagem, o preço e os princípios inativos.

E quanto ao Viagra Connect?

O Viagra Connect é uma dose de 50 mg de sildenafil que está disponível apenas no Reino Unido.

A Pfizer lançou o Viagra Connect no Reino Unido em 2018, é uma versão reformulada do Viagra 50. Funciona da mesma maneira que o Viagra e tem o mesmo princípio ativo.

O Viagra Connect não está disponível em Portugal, sendo que o Viagra continua a ser um medicamento disponível apenas mediante receita médica. Se estiver interessado em tomar o comprimido para a DE, terá de consultar um médico para que este possa emitir uma receita médica.

Como tomar Viagra

Tomar Viagra é simples. Tome o seu comprimido com um copo de água. É indiferente se toma o Viagra com comida ou não, e não interage com o álcool. No entanto, uma refeição pesada ou gordurosa pode retardá-lo e o álcool pode piorar a DE, portanto, deve consumi-lo com moderação.

O seu medicamento será fornecido em conjunto com um folheto de informações para o paciente, que contém instruções detalhadas. Leia sempre o folheto antes de tomar Viagra pela primeira vez.

Quanto tempo demora o Viagra a fazer efeito?

O Viagra começa a atuar 30-60 minutos após ser tomado e fica ativo no corpo até cinco horas. No entanto, a sua idade, dieta e saúde podem afetar o tempo que o Viagra demora a fazer efeito.

Uma janela de cinco horas significa que não deve ter de se preocupar muito com a cronometragem da sua dose de Viagra.

Quanto Viagra devo tomar?

Não deve tomar mais do que um comprimido de Viagra num período de 24 horas. Se usar o Viagra e descobrir que não funciona tão eficazmente quanto deveria, ou se tiver quaisquer efeitos secundários, informe o seu médico. A decisão pode partir pela alteração da sua dose.

O Viagra é fornecido em doses múltiplas, de 25 mg a 100 mg. Esta é uma gama mais vasta do que a oferecida por outros medicamentos para a DE, por isso pode ser mais fácil encontrar a dose certa para si. A dose “típica” é de 50 mg, sendo aquela com que normalmente se inicia ao tomar o medicamento pela primeira vez.

A dosagem mais baixa pode ser melhor para pessoas que experimentam efeitos secundários com 50 mg ou que têm fatores de risco (como a diabetes) que as tornam propensas a efeitos secundários. Por outro lado, um médico pode prescrever o comprimido de 100 mg caso tenha experimentado 50 mg e chegado à conclusão de que não é suficientemente forte.

Com que frequência pode tomar Viagra?

A dosagem diária de Viagra depende do que foi prescrito pelo seu médico, mas não deve usar o Viagra mais do que uma vez por dia. No entanto, existem outros medicamentos que podem durar mais tempo (um fim-de-semana inteiro) ou que se tomam todos os dias (para que esteja pronto quando quiser).

O Viagra funciona?

O Viagra funciona para, aproximadamente, 3 em cada 4 homens, o que o torna altamente eficaz. . Ao longo dos ensaios clínicos, 62% dos homens constataram que a dose de 25 mg lhes deu melhores ereções, enquanto 74% dos homens que tomaram a dose de 50 mg relataram melhorias na ereção. A dose de 100 mg também produziu resultados fortes, com 82% dos homens a experimentarem uma maior potência erétil.

Quanto tempo dura o Viagra?

Os efeitos do Viagra duram normalmente até 5 horas, mas isto pode variar de uma pessoa para outra, por isso a melhor maneira de saber durante quanto tempo está ativo é experimentando-o.

A duração do Viagra também depende de vários fatores. Se tiver mais de 65 anos, pode descobrir que pode durar mais de 5 horas, pois o seu corpo não o remove do seu sistema tão rapidamente como aconteceria se fosse mais novo. O consumo de álcool reduz o fluxo sanguíneo para o pénis, o que pode dificultar ter uma ereção. E o seu comprimido de Viagra pode precisar de algum tempo adicional para fazer efeito caso faça uma grande refeição com um elevado teor de gordura, em vez de tomá-lo com o estômago vazio.

Se entender que os efeitos do Viagra não duram o suficiente, deve discutir a sua dose com o seu médico.

O Viagra funciona à primeira?

O Viagra funciona à primeira vez (ou à segunda) para a maioria dos homens que começam com a dose de 50 mg.

Por vezes, a dose de 50 mg pode causar efeitos secundários, tais como dores de cabeça ou sentir-se doente, e nestes casos o seu médico pode recomendar a redução da sua dose para 25 mg.

Por outro lado, se verificar que a dose de 50 mg não lhe está a dar uma ereção sustentada durante tempo suficiente, vale a pena falar com o seu prescritor sobre o aumento da sua dose para 100 mg, desde que não tenha tido quaisquer efeitos secundários com o comprimido de 50 mg.

O Viagra torna-o maior?

Não, o Viagra não aumentará o tamanho do seu pénis e também não existem outros comprimidos que o possam fazer.

No entanto, o Viagra ajuda-o a atingir o “tamanho máximo”. Assim, embora não lhe dê qualquer comprimento ou perímetro extra, o Viagra pode tornar as suas ereções tão firmes quanto possível.

Vale a pena mencionar que qualquer comprimido que alegue aumentar o tamanho do seu pénis deve ser examinado com muito cuidado. É provável que não sejam medicamentos licenciados e, portanto, podem ser perigosos.

O que devo fazer se o Viagra não funcionar?

Se entender que o Viagra não funciona, converse com o seu médico sobre a alteração para uma dose mais alta. Mas se já ajustou a sua dose e mesmo assim as coisas não melhoraram, valerá a pena explorar diferentes medicamentos para a DE.

Existem muitos produtos para a DE disponíveis, com eficácia comprovada, e poderá ter que explorar algumas opções diferentes antes de determinar o medicamento certo para si quando o Viagra não funcionar.

Warning.svg

Não se esqueça de tomar apenas Viagra ou Viagra Connect como aconselhado pelo seu médico. Se tiver alguma dúvida durante o tratamento, basta entrar na sua conta e enviar-nos uma mensagem.

Como funciona o Viagra?

O Viagra e vários outros tratamentos para a DE são inibidores da PDE5. PDE5 significa Fosfodiesterase Tipo 5 e é uma enzima nas paredes dos vasos sanguíneos. O que acontece quando toma o Viagra (e medicamentos semelhantes com o princípio ativo citrato de sildenafil) é que os seus vasos sanguíneos relaxam, de maneira a que o sangue consiga chegar onde mais precisa. Simplificando, o Viagra ajuda-o a ter e a manter uma ereção.

O Viagra é seguro?

O Viagra é bastante seguro e passou por rigorosos testes científicos antes de ser aprovado para tratar a disfunção erétil. Dito isto, ainda tem possíveis efeitos secundários, bem como contraindicações e interações com outros medicamentos. Certifique-se de que lê sempre as informações do produto que acompanham a sua receita antes de começar a tomá-lo.

Deve fornecer ao prescritor um historial médico detalhado e informações sobre quaisquer outros medicamentos que tome, incluindo vitaminas e drogas recreativas, para que este possa garantir que o Viagra é seguro para si.

Tal como todos os medicamentos, o Viagra pode eventualmente expirar. O prazo de validade normal do sildenafil é de cerca de dois anos. Portanto, se encontrar algum medicamento antigo, provavelmente é melhor obter uma nova receita. É provável que os medicamentos antigos sejam menos eficazes e é até possível que desenvolvam fungos ou bactérias.

Guarde o seu Viagra afastado da luz solar direta e em temperaturas abaixo de 30 °C para que se mantenha seguro e eficaz durante o máximo de tempo possível.

O Viagra faz durar mais?

Existem algumas evidências que sugerem que o Viagra pode ajudar na ejaculação precoce. No entanto, as evidências não são conclusivas e o Viagra não é prescrito para tratar a ejaculação precoce.

Embora a maioria dos estudos sobre o Viagra e o seu princípio ativo sildenafil, se tenham concentrado no tratamento da disfunção erétil, há dois que analisaram se o Viagra pode retardar a ejaculação. O primeiro estudo descobriu que o sildenafil é “muito eficaz e seguro a tratar a EP” e o segundo que o sildenafil aumentou a confiança, a perceção do controlo ejaculatório e a satisfação sexual geral.

Assim, embora não obtenha na realidade uma receita de sildenafil para tratar a ejaculação precoce, é possível que a medicação o ajude se tiver EP, bem como disfunção erétil. Se está interessado neste efeito potencial, converse com o prescritor, durante a sua consulta, que lhe poderá dar mais informações e conselhos.

Reference Popover #ref1
Reference Popover #ref2
Reference Popover #ref3
Reference Popover #ref4
Reference Popover #ref5
Reference Popover #ref6

Como obtemos informação.

Quando lhe apresentamos estatísticas, dados, opiniões ou um consenso, iremos dizer-lhe de onde vieram. E só apresentaremos dados como clinicamente viáveis se estes forem provenientes de uma fonte respeitável, tal como um órgão de saúde financiado por um Estado ou Governo, uma revista médica analisada por pares ou um órgão de análise ou dados reconhecido. Para mais informação, leia a nossa política editorial.

Deixe-nos ajudar a escolher melhor.

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.
4.7

A nossa classificação média baseada em 16373 revisões

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre Disfunção Erétil e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.