O seu novo tratamento: O que está por detrás das mudanças.


O seu novo tratamento: O que está por detrás das mudanças.

Vamos apresentar-lhe as novidades. 

Passemos então a explicar como e porquê o fizemos.

Já conhece o site Treated.com. 

Gerimos o site durante mais de sete anos, em 10 países.

Durante este tempo, aprendemos imenso sobre aquilo que um paciente deseja. Testamos novos serviços em diferentes países, todos com o objetivo de melhorar a forma como lhe oferecemos boa saúde. 

Também realizámos experiências com a nossa marca e mensagens, de modo a ajudar-nos a comunicar de forma mais moderna e eficiente.

Graças a toda esta experiência e a uma visão alargada daquilo que lhe queremos oferecer, tomámos a decisão de combinar tudo isto numa nova identidade comercial.

Visando ajudar-nos a concretizar este objetivo, recorremos aos serviços da agência de marcas líder, DesignStudio.

A nossa colaboração com a DesignStudio – que também trabalhou com a Premier League, a Deliveroo e a Airbnb – foi uma jornada esclarecedora que durou mais de seis meses. Ajudaram-nos a examinar tudo ao detalhe: a nossa marca, cultura, missão e oferta. 

Após vários meses de imersão, entrevistas e workshops com pessoas de todas as áreas da nossa empresa, apresentaram-nos uma gama de opções de marca fortes e viáveis para que pudéssemos escolher. 

A vencedora: Treated.

(O nome com que tudo começou, mas sem o .com). 

Contudo, o exercício não se limitava simplesmente à escolha de um nome novo (ou, neste caso: antigo).

Destinava-se a atualizar a nossa imagem, a nossa abordagem, e também a forma como prestamos os nossos serviços.

Eis o que se pode esperar do nosso novo nome.

Os cuidados de saúde online percorreram um longo caminho desde o nosso primeiro lançamento em 2015. 

Há uma década atrás, as farmácias online representavam ainda um novo conceito. A prescrição de medicamentos online era legal, contudo, era também muito frequente a contrafação e a venda de medicamentos não licenciados. 

Os fornecedores conceituados despendiam muita energia para se destacarem das farmácias “falsas” ou ilícitas. Por forma a ajudar os utilizadores a perceberem que eram seguros e genuínos, a forma como comunicavam transmitia segurança e garantia. 

Por exemplo. Se utilizou a Treated.com, saberá que se tratava de um serviço registado na CQC (Care Quality Commission), que utilizava médicos registados na Ordem dos Médicos, e uma farmácia britânica licenciada regulamentada pelo GPhC (General Pharmaceutical Council). Era difícil de não ver, uma vez que mencionámos este aspeto ao longo das nossas páginas. 

A boa notícia é que continuamos a ser regulados por todos os mesmos organismos, e continuamos igualmente seguros e eficazes. 

Não obstante, a indústria mudou. Os cuidados de saúde online têm-se desenvolvido de forma considerável na última década. Consideramos estes níveis de regulamentação e conformidade como um dado adquirido, e pensamos que o melhor e mais seguro serviço é o mínimo que se pode esperar.

Consequentemente, de tempos a tempos iremos mencionar as nossas credenciais. Mas não vamos ilustrar todas as frases proferidas ao longo de cada página com elas.

Vamos levá-lo de volta ao ano de 2015.  

Imaginemos que estava a navegar num site de farmácia online. É o primeiro a visitá-lo. Naturalmente, queria ter a certeza de que as pessoas que fizeram o site conheciam o seu material. Esperava que lhe falassem de um modo semelhante aos médicos que conheceu na cirurgia e no hospital na vida real. 

Esperava linguagem coloquial. 

Terminologia médica. Falar tecnicamente. 

Outro sintoma do tempo? Conteúdo que era demasiado formal. A informação poderia conter todos os termos médicos corretos, contudo, nem sempre facilita a compreensão.

Mais uma vez, as coisas mudaram. Frases extensas com demasiadas palavras e problemas de saúde pronunciados pelos seus nomes em latim podem, de certa forma, demonstrar-lhe que sabemos aquilo de que estamos a falar. 

No entanto, a sua leitura não se baseia na verificação das nossas credenciais. A leitura resulta do interesse que tem pela informação sobre saúde e, na maioria das vezes, pretende que seja simples e de fácil compreensão. Com português simples.

Deste modo, propusemo-nos a reformular o nosso tom de voz, tendo em mente os seguintes princípios: 

  • é um facto e vamos expô-lo tal como é
  • é conversacional
  • é real

Ou seja, iremos conversar consigo da mesma forma que seria de esperar no dia-a-dia. Ao falarmos de um tratamento, vamos expor-lhe as coisas de forma a que possa ter uma imagem realista daquilo que pode esperar dele. E, se utilizarmos um termo médico, iremos explicar-lho. 

Uma boa saúde é uma parceria entre si e um médico. Foi isto que nos propusemos a transmitir com o nosso novo conceito de design, centrado em torno de duas entidades: laranja (você) e azul (nós).

À medida que se desloca pelo site e se envolve com os nossos médicos, poderá ver estas entidades moverem-se e ‘falarem’ umas com as outras. Uma vez que a interação entre si e um médico resulta numa melhor saúde, quisemos trazer este facto à ribalta (e celebrá-lo).

Também efetuámos algumas alterações ao nosso logo, que incorpora o símbolo dos cuidados e farmácia. 

Graças à nossa imagem, passámos da animação para a vida real – o que espelha a viagem que os cuidados de saúde online fizeram de novo e ‘conceptual’ em 2015, para a corrente dominante ( atualmente).

Quando examinámos a nossa missão, o nosso princípio mais valorizado foi o do empoderamento. 

Fornecer-lhe a informação necessária à tomada de melhores decisões em matéria de saúde. Mas também, oferecer-lhe a oportunidade de tomar decisões relativamente aos seus próprios cuidados, juntamente com um médico.

A isto chamamos autonomia sanitária.

Verá que este princípio ajudou a definir a nossa identidade visual e o nosso tom de voz. Mas também deu forma ao nosso serviço.

Sempre que consultar os nossos médicos, terá uma palavra a dizer relativamente ao tratamento realizado. Poderá igualmente comunicar-nos a evolução do seu tratamento e dar-nos feedback, permitindo-nos ajudá-lo a fazer as alterações necessárias, caso o tratamento não esteja a funcionar corretamente. E terá controlo total sobre o seu plano ao premir um botão, de modo a poder interromper ou dispensar as entregas sempre que quiser. 

chat-msg
Contacte-nos
Dê-nos a sua opinião.

Seja bom ou mau, gostaríamos de ouvir o seu feedback sobre o novo nós.

Diga-nos o que quer ouvir.

Deseja que abordemos um assunto num artigo futuro? Diga-nos.

Mantenha-se a par.

Queremos que os cuidados de saúde sejam mais sobre si. Subscreva à nossa newsletter para obter artigos de saúde personalizados que fazem a diferença.

Sugerir um guia de saúde

Dê-nos a sua ideia aqui.

(E deixe também o seu e-mail, de modo a podermos informá-lo se escrevermos um artigo com base na sua sugestão).

Do que gostou acerca disso?

Do que não gostou acerca disso?

Sugerir um tratamento

Se procura um tratamento ou doença em particular, informe-nos e nós iremos investigar por si.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Pergunte ou sugira algo.

Submeta aqui a sua pergunta, ou diga-nos se encontrou um problema no nosso site.

Podemos enviar-lhe um e-mail sobre a sua consulta, mas pode optar por não receber estas comunicações sempre que desejar.
4.7

A nossa classificação média baseada em 16387 revisões

Conte-nos qual é o problema

[Accept Terms Field Text] Aceite ostermos de utilização.
Podemos enviar-lhe um e-mail sobre o problema, mas pode optar por não receber estas comunicações em qualquer altura.

Iremos responder-lhe muito em breve. O nosso objetivo é responder a todas as questões no espaço de um dia útil.

Está inscrito na nossa newsletter. Fique atento à sua caixa de entrada para a nossa última atualização.

news-letter

Subscreva a nossa newsletter para todas as últimas novidades sobre e muito mais.

Ao clicar em 'Subscrever agora', está a concordar com a nossa Política de Privacidade.