O princípio ativo do Cialis é o tadalafil, que pertence ao grupo de medicamentos conhecidos como inibidores da fosfodiesterase (PDE5).

Foi originalmente aprovado em 2002 para ser usado no tratamento da disfunção erétil.

Contudo, após mais investigação, foi obtida autorização para que o Cialis fosse usado para tratar a hiperplasia benigna da próstata, também conhecida como HBP.

Hiperplasia Benigna da Próstata

A HBP é uma condição geralmente diagnosticada em homens mais velhos, caracterizada por um aumento da próstata.

A próstata aumentada obstrui o trato urinário, causando sintomas como o aumento da frequência urinária, a dificuldade em urinar e dificuldade em esvaziar a bexiga completamente. 

A condição é mais frequentemente encontrada em homens mais velhos (geralmente com mais de 50 anos) e não é normalmente motivo de preocupação, apesar de necessitar de tratamento.

A HBP é a causa mais comum de sintomas do baixo trato urinário nos homens. A condição ocorre devido ao aumento de células da próstata. Os motivos deste aumento ainda não são bem conhecidos. 

Contudo, cientistas pensam que este aumento pode estar relacionado com as alterações hormonais que os homens sofrem à medida que envelhecem.

Controlo e Tratamento

Nem todos os homens diagnosticados com HBP necessitam de tratamento.

Existem certos ajustes ao estilo de vida que podem ter um impacto positivo nos sintomas.

Estes podem incluir reduzir a quantidade de álcool e cafeína ingeridos, introduzir uma rotina de exercício regular e evitar beber poucas horas antes de se deitar. 

Os homens que sofrem de casos moderados a severos de HBP podem requerer medicamentos de prescrição em conjunto com alterações ao estilo de vida. 

Os sintomas da HBP podem ser difíceis de lidar e afetar negativamente a vida do homem. Isto é especialmente importante se a condição tiver impacto no sono.

Cialis e HBP

Até recentemente, os tratamentos para a HBP estavam limitados aos bloqueadores alfa e a inibidores da 5-alfa-redutase.

Contudo, em 2012, o tadalafil 5mg foi aprovado para comercialização na União Europeia como tratamento para a hiperplasia benigna da próstata.

Isto significa que o Cialis pode ser prescrito a pacientes que apresentem sinais e sintomas de hiperplasia benigna da próstata.

Como é que o Cialis trata a HBP?

O mecanismo de ação do tadalafil na redução do tamanho da próstata não é completamente compreendido. Contudo, este inibidor da PDE5 motiva o relaxamento vascular que fornece sangue à próstata e à bexiga, reduzindo a quantidade de sangue para esta zona.

As células da próstata recebem menos sangue, o que se pensa ser o motivo para a redução dos sintomas de HBP.

Pode saber mais sobre o mecanismo de ação do Cialis na nossa página de produto.

Página revista em:  23/10/2017