Mysimba

Bupropiom e Naltrexona

O Mysimba é o novo tratamento para a obesidade fabricado pela Consilient Health.

O Mysimba está disponível a partir do nosso serviço de prescrição online. Tudo o que tem de fazer é preencher um questionário médico, que será posteriormente avaliado por um médico registado.

Classificação do Trustpilot 9 em 10
Encomende agora e receba terça-feira 29 maio
8mg/90mg

Cada comprimido contém 8mg de naltrexona e 90mg de cloridrato de bupropiom. Tome de acordo com as instruções do seu médico.

249
Encomende agora e receba terça-feira 29 maio

O Mysimba é o novo tratamento para a obesidade fabricado pela Consilient Health.

O Mysimba está disponível a partir do nosso serviço de prescrição online. Tudo o que tem de fazer é preencher um questionário médico, que será posteriormente avaliado por um médico registado.

Encomende agora - os nossos médicos aguardam o seu pedido
  • Consulta médica segura O seu caso é avaliado confidencialmente por um médico registado
  • Medicamentos enviados por uma farmácia no Reino Unido A nossa farmácia regulada atua ao melhor nível possível
  • Envio no dia seguinte Todos os pedidos são enviados por entrega expresso em 24 horas
Descrição

O Mysimba é um tratamento para emagrecer fabricado pela Consilient Health. A versão comercializada nos Estados Unidos deste medicamento é conhecida por Contrave. O Mysimba recebeu aprovação para o tratamento da obesidade em 2017. É um comprimido, tomado uma vez por dia na primeira semana, sendo a dose aumentada gradualmente durante as primeiras 4 semanas de tratamento. 

Estima-se que em Portugal, mais de metade da população sofra de excesso de peso ou obesidade. 

O Índice de Massa Corporal ou IMC é usado para classificar o peso, incluindo as categorias: baixo peso, peso saudável, excesso de peso ou obesidade.

Este é calculado dividindo o peso em quilogramas pela altura em metros ao quadrado. 

Se o IMC de uma pessoa for: 

  • Menos de 18,5, esta é considerada com baixo peso
  • Entre 18,5 e 25, é considerada como tendo um peso saudável
  • Superior a 25, é considerada com excesso de peso
  • Superior a 30, é considerada obesa. 

As pessoas com excesso de peso ou obesas têm um risco aumentado de desenvolver problemas de saúde crónicos, como a diabetes tipo 2, alguns tipos de cancro, hipertensão arterial e doença cardíaca, bem como problemas nas articulações ou musculares. 

Os medicamentos para a obesidade devem ser tomados em conjunto com um plano de dieta e exercício físico. Em muitos casos, estes tratamentos são prescritos a pessoas com um IMC igual ou superior a 30, porém também podem ser prescritos a pessoas com um IMC de 27 com outros problemas de saúde associados, como a diabetes tipo 2, o colesterol elevado e a hipertensão arterial. 

O Mysimba contém dois princípios ativos, o bupropriom e a naltrexona. O brupropiom atua ao aumentar os níveis de atividade de dopamina no cérebro. Isto ajuda a limitar o apetite e ajuda a facilitar os processos no cérebro que lidam com o gasto de energia no corpo. O outro princípio, a naltrexona, também atua no cérebro e reduz a vontade de comer.

Um estudo sobre a versão americana deste medicamento, o Contrave, concluiu que em média, as pessoas a usar este tratamento perderam 5% do seu peso corporal após 13 meses. 

Já pode comprar Mysimba online a partir da nossa farmácia no Reino Unido. Cada pedido feito no nosso website é avaliado por um médico registado, que apenas prescreverá o medicamento se este estiver indicado para si. Após a aprovação o seu pedido será enviado pela nossa farmácia localizada no Reino Unido por um serviço de entregas expresso.

Comprar
Página revista em:  04/05/2018
Instruções

Siga as instruções do seu médico quando tomar este medicamento. Isto irá ajudar a assegurar que o tratamento atua corretamente e a limitar o risco de efeitos secundários.

  • Para ser eficaz, o Mysimba deve fazer parte de um plano para emagrecer que inclua dieta e exercício físico.
  • O Mysimba não está indicado para pessoas com hipertensão arterial não controlada. Antes de começar a tomar Mysimba, deve medir a sua tensão arterial para garantir que este é seguro para si.
  • A dose de Mysimba é gradualmente aumentada durante as primeiras quatro semanas.
  • A dose inicial é de um comprimido, tomado uma vez por dia de manhã, durante uma semana.
  • No início da semana 2, a dose é aumentada para um comprimido duas vezes por dia (um de manhã e outro à noite).
  • No início da terceira semana, a dose é aumentada para dois comprimidos de manhã e um à noite.
  • A partir do início da semana 4, tome dois comprimidos de manhã e dois à noite.
  • Continue a tomar esta dose durante o resto do tratamento, tal como indicado pelo seu médico.
  • Tenha em consideração que este medicamento pode causar alterações no sono se tomado perto da hora de deitar.
  • O seu médico irá rever o tratamento após 16 semanas e a intervalos regulares depois deste período, de forma a avaliar se deve continuar a tomar o medicamento.
  • Os comprimidos devem ser tomados inteiros com água e idealmente ao mesmo tempo que alimentos.
  • Não exceda a dose especificada pelo seu médico.
  • Se falhar uma dose, deixe passar e continue a tomar o seu medicamento normalmente. Não duplique a dose para compensar uma dose esquecida.

A informação acima é apenas um resumo. Siga as instruções do seu médico, bem como aquelas presentes na bula, antes de tomar este medicamento.

Se tem dúvidas em relação a este tratamento ou se precisa de mais informação, contacte o seu médico ou farmacêutico.

Página revista em:  04/05/2018
Efeitos Secundários

É importante ter em conta os potenciais efeitos secundários associados ao tratamento, uma vez que alguns podem requerer ajuda médica imediata.

O Mysimba é considerado um medicamento “triângulo negro”. No Reino Unido este estado é dado pelo MHRA a todos os novos medicamentos lançados recentemente no mercado, bem como para aqueles usados para um novo fim. Isto significa que o medicamento se encontra sob um controlo apertado relativamente ao seu potencial de causar efeitos secundários.

Se notar algum efeito secundário que não esteja listado abaixo, pode reportá-lo ao MHRA pelo Yellow Card Scheme.

Se sofrer qualquer sinal de reação alérgica como urticária, inchaço da face ou garganta, ou qualquer sinal de convulsão ou outros sinais graves, procure ajuda médica imediatamente.

Muito comuns (mais de 1 em 10 pessoas):

Náuseas, vómitos, dor no abdómen, obstipação, dor de cabeça, dificuldade em dormir, ansiedade, agitação e dor articular e muscular.

Comuns (menos de 1 em 10 pessoas):

Baixa contagem de glóbulos brancos, tonturas, vertigem, tremor, irritabilidade, sensação de depressão, distúrbios de humor, febre, redução do apetite, diarreia, alterações no sabor dos alimentos, boca seca, dor de dentes, falta de concentração, cansaço, sonolência, letargia, tinidos, batimentos cardíacos rápidos ou irregulares, rubor, olhos aquosos, dor abdominal superior, ejaculação tardia, dor torácica, alterações na atividade do eletrocardiograma, transpiração excessiva, urticária, erupção cutânea, comichão ou perda de cabelo.

Pouco comuns (menos de 1 em 100 pessoas):

Herpes labial, pé de atleta, glândulas inchadas no pescoço, axila ou virilha, desidratação, anorexia, aumento do apetite, aumento de peso, sonhos anormais, agitação, alucinações, confusão, paranóia, desorientação, perda de libido, perda de equilíbrio, amnésia, perturbações da visão, visão turva, irritação ocular, fotosensibilidade, congestão nasal, corrimento nasal, espirros, desordem sinusal, dor de garganta, aumento do muco, dificuldade em respirar, tosse, flutuações ou aumento da tensão arterial, dor abdominal inferior, flatulência, lábios inchados, fezes com sangue, hérnia, hemorroidas, inflamação da vesícula biliar, protrusão do disco intervertebral, dor no maxilar e na virilha, desejo repentino de urinar, micção frequente ou dolorosa, sangramento menstrual irregular, secura vaginal, disfunção erétil, sensação de sede, extremidades frias, aumento dos níveis de creatinina no sangue, aumento das enzimas hepáticas, hepatite, diminuição do hematócrito, acne ou pele oleosa.

Raros (menos de 1 em cada 1000 pessoas):

Hemorragia ou hematomas incomuns sob a pele, flutuação do açúcar no sangue, sensação de irritação, pensamentos suicidas, tentativas de suicídio, sensação de se ver fora do seu corpo ou sensação de irrealidade do ambiente, rigidez muscular, movimentos descontrolados, perda de coordenação, formigueiro ou dormência nas mãos ou nos pés, dilatação dos vasos sanguíneos, baixa tensão arterial quando em pé, icterícia, eritema multiforme, síndrome de Stevens Johnson, deterioração da psoríase, espasmos musculares ou retenção urinária.

Muito raros (menos de 1 em cada 10.000 pessoas):

Angioedema, reação alérgica grave, delírio, agressão, problemas musculares e de rins. 

Por favor consulte a bula fornecida para mais informação sobre os efeitos secundários.

Tomar Mysimba com outros medicamentos

Informe o seu médico durante a consulta sobre outros medicamentos que esteja a tomar. Estes incluem qualquer tratamento sujeito a receita médica, de venda livre ou tratamentos naturais.

Não tome o Mysimba se estiver a tomar: inibidores da monoamina oxidase, tais como fenelzina, selegilina ou rasagilina ou opiáceos e medicamentos com opiáceos, tais como misturas com dextrometorfano ou codeína, metadona, morfina ou peregórficos (ou medicamentos semelhantes para a diarreia). A naltrexona tem a capacidade de interagir com os opiáceos, mesmo depois de ter terminado a toma, pelo que deve sempre informar o seu médico se está a tomar ou tomou recentemente Mysimba.

O seu médico tem de ser informado se está a tomar os seguintes: medicamentos que podem, quando utilizados sozinhos ou em conjunto com naltrexona/bupropiom, aumentar o risco de ataques, como antidepressivos ou tratamentos para outros problemas de saúde mental, esteroides, antimaláricos, quinolonas, tramadol, teofilina, anti-histamínicos, medicamentos para baixar os níveis de açúcar no sangue, tais como insulina, sulfonilureias, como gliburida ou glibenclamida, e meglitinidas tais como nateglinida ou repaglinida), sedativos como diazepam, desipramina, venlafaxina, imipramina, paroxetina, citalopram, risperidona, haloperidol ou tioridazina, tratamentos para a tensão arterial elevada, tais como betabloqueantes ou anti-hipertensivos centrais, tratamentos para o ritmo cardíaco irregular, como a propafenona, flecainida, tratamentos contra o cancro tais como ciclofosfamida, ifosfamida, tamoxifeno, medicamentos para a doença de Parkinson, tais como levodopa, amantadina ou orfenadrina, ticlopidina ou clopidogrel, tratamentos antivirais para o HIV, como efavirenz e ritonavir ou medicamentos para epilepsia, tais como valproato, carbamazepina, fenitoína ou fenobarbital.

Condições a ter em conta

Informe o seu médico durante a consulta sobre outras condições de que sofra. 

Não deve tomar Mysimba se: tem alergia a qualquer uma das substâncias nele presentes, tem tensão arterial descontrolada e anormalmente alta, tem uma condição que causa convulsões ou histórico de ataques, tem um tumor cerebral, é consumidor de álcool e parou recentemente de beber álcool ou pretende parar de beber enquanto tomar Mysimba, parou recentemente de tomar sedativos ou medicamentos para a ansiedade, ou pretende parar ao tomar Mysimba, tem transtorno bipolar, está a usar outros medicamentos que contenham bupropiom ou naltrexona, tem um transtorno alimentar ou teve no passado, está atualmente dependente de opiáceos ou agonistas de opiáceos, ou está a passar por uma abstinência aguda, está a tomar inibidores da monoamina oxidase (IMAOs) ou tomou nos últimos 14 dias, tem doença hepática grave, tem doença renal grave ou em fase final.

Informe o seu médico antes de tomar Mysimba se: tem historial de tentativa de suicídio, tem historial de outros problemas de saúde mental, sofreu lesões ou trauma na cabeça, bebe regularmente álcool, usa regularmente sedativos, é dependente de cocaína ou outros produtos estimulantes, tem diabetes, hipertensão arterial, doença arterial coronária não controlada ou se tem ou teve uma condição que afeta a circulação no cérebro, sofre de problemas de fígado ou de rins.

Se te mais de 65 anos

O Mysimba deve ser usado com cuidado se tiver mais de 65 anos.

Não deve ser usado se tiver mais de 75 anos.

Gravidez e amamentação

Este medicamento não está indicado para utilização durante a gravidez ou amamentação ou se estiver a tentar engravidar.

Conduzir e operar maquinaria

Se sofrer tonturas ao tomar Mysimba, não conduza ou opere máquinas.

Consumo de álcool

Beber álcool em excesso enquanto toma Mysimba aumenta o risco de convulsões e problemas de saúde mental. O Mysimba também pode reduzir a tolerância ao álcool. O seu médico pode aconselhar a parar o consumo de álcool completamente ou a manter o consumo em níveis mínimos enquanto toma este tratamento.

Se bebe muito álcool atualmente, não deve parar abruptamente, uma vez que isto pode aumentar a sua probabilidade de sofrer uma convulsão.

Intolerância à lactose

Este medicamento contém lactose. Consulte o seu médico se tiver intolerância a este ou a outros açúcares.

Página revista em:  04/05/2018
Perguntas Frequentes

Posso beber álcool?

Beber álcool enquanto toma Mysimba aumenta o risco de convulsões. Quando tomar Mysimba, o seu médico pode recomendar manter o consumo de álcool em valores mínimos ou não beber de todo. Se ingere álcool com frequência, consulte o seu médico antes de tomar este medicamento.

Poderei conduzir?

Se notar quaisquer efeitos secundários que possam inibir a sua capacidade de conduzir, como tonturas ou perda de coordenação, não conduza e fale com o seu médico.

Posso tomar este medicamento durante a gravidez?

Não, não está indicado para mulheres grávidas, a amamentar ou a tentar engravidar.

Como deve ser armazenado?

Armazene abaixo dos 30ºC, num ambiente seguro e fora do alcance das crianças.

Posso ter alergia a este medicamento?

Este comprimido contém: cloridrato de bupropiom, cloridrato de naltrexona, celulose microcristalina, hidroxipropil celulose, lactose anidra, lactose monohidratada, cloridrato de cisteína, crospovidona, estearato de magnésio, hipromelose, edetato dissódico, dióxido de silicio coloidal, álcool polivinílico, dióxido de titânio (E171), macrogol 3350, talco e índigo lago de alumínio carmim (E132).

Não tome se tiver alergia a estas substâncias.

Está disponível para venda livre?

Não. O Mysimba apenas está disponível sujeito a receita médica. Se já se encontra a tomar este medicamento e procura renovar a sua receita médica, pode fazê-lo através do nosso serviço de consulta online.

Está indicado para mim?

A melhor pessoa que deve consultar antes de iniciar um plano de emagrecimento, é o seu médico. Este poderá explicar os riscos e os benefícios do seu medicamento para emagrecer, a forma como funciona e como deve ser combinado com uma dieta e plano de exercício.

Renovar a sua receita médica para o Mysimba é simples com o nosso processo de consulta online. Preencha o nosso questionário e caso este seja aprovado pelo nosso médico, o seu pedido será enviado por um serviço de entregas expresso a partir da nossa farmácia.

Página revista em:  04/05/2018
O nosso serviço

Consulta. Receita. Entrega. Satisfação.

  • Médicos registados
  • Medicamentos Originais
  • Entrega em 24 horas
  • Dados e Pagamentos Seguros
  • Farmácia registada
  • Repetir Pedidos

Prometemos manter os seus dados seguros e privados. Nunca iremos vender a sua informação ou partilhá-la com terceiros. Qualquer que seja o tratamento que encomende, faremos o envio numa embalagem sem referências através do nosso serviço de entregas expresso.

A entrega de todos os pedidos está incluída no preço. Após o seu pedido ter sido enviado, ser-lhe-á fornecido um número de rastreio, permitindo que siga o progresso da sua encomenda a qualquer momento. Fazemos a entrega em dentro de 24 horas após a aprovação do nosso médico.

Processo simples
Conseguir o tratamento que precisa nunca foi tão fácil com o nosso serviço online rápido e simples.
  • Procure o seu medicamento

    Encontre o tratamento que precisa.
  • Preencha um breve questionário

    Um médico registado irá rever as suas respostas.
  • Entrega em 24 horas na sua morada

    Entrega no dia seguinte. Todos os pedidos são enviados por entrega expresso.
  • Repetir o seu pedido é fácil

    Mantemos os seus dados seguros para que possa voltar a encomendar facilmente.

Não foram encontrados resultados. Pode encontrar todos os nossos tratamentos em aqui