Isto depende da resposta individual ao medicamento.

O Propecia é um tratamento contínuo, pelo que os pacientes terão de tomar o Propecia durante 3 a 6 meses antes dos efeitos deste medicamento se tornarem evidentes.

Nesta página, iremos discutir a informação disponível sobre as taxas de eficácia do Propecia nas diferentes fases do tratamento.

0-3 meses

Os efeitos do Propecia demoram algum tempo a desenvolver-se. Por este motivo, é pouco provável que note alguma melhoria ou diferenças no seu cabelo nas primeiras semanas de tratamento.

Para garantir que o tratamento é eficaz, deve continuar a tomá-lo todos os dias e de acordo com as instruções do seu médico. Se sofrer de algum efeito secundário enquanto toma este medicamento, fale com o seu médico.

3-6 meses

Tal como mencionado no resumo das características do medicamento, alguns homens que tomaram Procpecia durante os ensaios clínicos, começaram a notar melhorias cerca de 3 meses após o tratamento.

Um estudo realizado no All India Institute of Medical Sciences relatou que, passados 3 meses, não havia nenhuma diferença estatística na aparência do cabelo ou a nível do seu crescimento entre pacientes que tomavam finasterida e o placebo. Contudo, foram notadas melhorias no grupo que tomou finasterida à medida que o estudo progrediu (nos meses 6, 9 e 12).

A bula do medicamento informa que podem decorrer até 6 meses para que os efeitos completos do Propecia se desenvolvam.

Por isso, apesar de poderem ter sido notadas melhorias nalguns pacientes na fase dos 3 meses, isto não significa que todos os pacientes possam notar esta melhoria nesta altura. Pode levar mais tempo a que o medicamento tenha efeito nalgumas pessoas.

2 anos

O resumo das características do medicamento indica que nos ensaios clínicos, o aumento da contagem de cabelo teve um pico no grupo de tratamento aos 2 anos. Em média, um aumento de 88 cabelos relativamente ao ponto inicial, numa área de 5,1cm2 foi registado na fase dos 2 anos.

Um estudo de fase III que analisou o impacto da finasterida na alopecia androgénica registou uma melhoria de cerca de 16% aos 2 anos.

5 anos

Os ensaios clínicos concluíram que 48% dos participantes tratados com o Propecia foram classificados como sofrendo uma melhoria pela avaliação fotográfica após 5 anos. Para além deste número, 42% dos participantes foram classificados como sem alteração. (No total, 90% dos homens a usar Propecia após 5 anos notaram quer nenhuma perda subsequente ou até mesmo algum crescimento capilar quando comparados com o ponto inicial.)

Após cinco anos de tratamento, o aumento médio da contagem de cabelos era de 38 cabelos por 5,1cm2 de área. Isto significa que apesar de o pico ter sido atingido após 2 anos, uma melhoria significativa foi verificada aos 5 anos

Apenas 25% dos participantes tratados com o placebo foram classificados com melhorias ou sem alterações aos 5 anos.

Parar de tomar Propecia

O Propecia apenas se tornou disponível na década de 2000, sendo um medicamento relativamente recente. Por isso, o facto deste medicamento continuar eficaz após 5 anos é algo que tem de ser alvo de estudos.

Alguns homens podem concluir que o medicamento se torna menos eficaz e param de o tomar, enquanto outros continuam a tomá-lo após cinco anos e este continua eficaz.

Em qualquer um dos casos, O Propecia apenas é eficaz enquanto for tomado. A bula do medicamento indica que o cabelo ganho durante o tratamento é provável de ser perdido dentro de 9 a 12 meses após parar de tomar Propecia.

Se sofre de queda de cabelo e quer saber se o Propecia está ou não indicado para si, consulte o seu médico.

Página revista em:  16/04/2018