Agora aceitamos pagamentos com cartão

Livial

Tibolona

O Livial é um comprimido comercializado pela Merck Sharp and Dohme usado como terapia de substituição hormonal. Este está indicado no alívio dos sintomas da menopausa.

Comprar o seu tratamento sujeito a receita médica online não tem de ser difícil. A nossa equipa de médicos registados está pronta a rever o seu caso e cada pedido aprovado é enviado por uma farmácia de confiança localizada na UE.

Classificação do Trustpilot 9,4 em 10
Encomende agora e receba quinta-feira 13 dezembro
2,5mg

Cada comprimido contém 2,5mg de tibolona. Esta é uma forma contínua de TSH e é usada nos casos em que a mulheres não tem o período há mais de 12 meses.

56
89
O preço apresentado inclui a taxa de 20€ para o ParcelXpert recolher o seu pacote em seu nome, e processá-lo pelo serviço de envio expresso.
Encomende agora e receba quinta-feira 13 dezembro

O Livial é um comprimido comercializado pela Merck Sharp and Dohme usado como terapia de substituição hormonal. Este está indicado no alívio dos sintomas da menopausa.

Comprar o seu tratamento sujeito a receita médica online não tem de ser difícil. A nossa equipa de médicos registados está pronta a rever o seu caso e cada pedido aprovado é enviado por uma farmácia de confiança localizada na UE.

Encomende agora - os nossos médicos aguardam o seu pedido
  • Consulta médica segura O seu caso é avaliado confidencialmente por um médico registado
  • Medicamentos enviados por uma farmácia no Reino Unido A nossa farmácia regulada atua ao melhor nível possível
  • Envio no dia seguinte Todos os pedidos são enviados por entrega expresso em 24 horas
Descrição

O Livial é um tipo especial de terapia de substituição hormonal e é fabricado pela Merck Sharp and Dohme. Este é eficaz a aliviar os sintomas associados à menopausa e a prevenir o desenvolvimento da osteoporose. Este medicamento atua de forma diferente de outras TSH uma vez que contém um único princípio ativo, a tibolona, que quando entra no corpo, liberta três tipos de hormonas. Estas atuam de forma semelhante ao estrogénio, progesterona e testosterona. 

A menopausa faz parte do processo natural de envelhecimento e é algo pelo qual todas as mulheres passam a determinado momento das suas vidas. Esta ocorre frequentemente entre os 45 e os 55 anos, apesar de poder ocorrer mais cedo nalguns casos. Esta caracteriza-se pelo fim de alguns processos de preparação para a gravidez, como a ovulação e a menstruação. Como resultado, a libertação de um óvulo pelos ovários bem como a hemorragia menstrual irão ambos abrandar antes que cessem completamente. 

Contudo, quando o corpo embarca nesta mudança, certos sintomas podem desenvolver-se em reposta à diminuição da produção hormonal. Estes podem incluir dores de cabeça, afrontamentos, suores noturnos, alterações de humor, insónia e secura vaginal. Na pós-menopausa os ossos podem ficar enfraquecidos e menos densos, tornando-se mais propensos à osteoporose. 

Apesar de muitas mulheres que passam pela menopausa sofrerem destes sintomas, a maioria dos casos são ligeiros o suficiente para não necessitar de tratamento. Porém, as mulheres que acham que estes sintomas têm um grande impacto na sua vida, podem encontrar alívio na terapia de substituição hormonal. 

Existem diferentes tipos de TSH. Algumas apenas contêm estrogénio e estão indicadas para as mulheres que removeram o seu útero cirurgicamente. Uma versão sintética de estrogénio é fornecida para reduzir o impacto da diminuição natural desta hormona no corpo. A TSH combinada, que também contém progesterona, é fornecida quando a mulher não foi submetida a uma histerectomia. Isto deve-se ao estrogénio, em níveis muito elevados, poder contribuir para o aumento do revestimento uterino, o que leva ao aumento do risco de cancro. A progesterona ajuda a manter o equilíbrio hormonal e a impedir que os níveis de estrogénio atinjam limites pouco seguros.

O Livial é uma TSH combinada, que apenas deve ser utilizada se a mulher tiver passado pelo menos 12 meses sem hemorragia menstrual. Este contém o princípio ativo tibolona, que se dispersa em três hormonas no corpo: estrogénio, progesterona e testosterona. As primeiras duas hormonas servem para repor os níveis hormonais, tal como descrito acima. Contudo, a testosterona é menos frequentemente encontrada em comprimidos deste tipo.

Isto deve-se à redução de testosterona no corpo, que ocorre na menopausa, poder também levar aos sintomas descritos acima, como a perda de libido e alterações de humor. A testosterona é também fornecida neste tratamentos para limitar estes efeitos. 

Renovar o seu tratamento sujeito a receita médica online é simples. Pode comprar o Livial a partir da nossa farmácia online em apenas alguns cliques. Demora apenas alguns minutos a preencher o nosso questionário médico. Uma vez completo, as suas respostas serão avaliadas pelos nossos médicos registados no GPhC (Ordem dos médicos britânica). O seu medicamento será posteriormente enviado por entrega expresso.

Comprar
Página revista em:  28/11/2018
Instruções

Antes de tomar este medicamento, garanta que lê e compreende as instruções dadas pelo seu médico, bem como as instruções do fabricante. Isto é fundamental para manter reduzido o risco de efeitos secundários e garantir que o tratamento é o mais eficaz possível.

  1. Tome este medicamento tal como prescrito pelo seu médico.
  2. A menos que especificado de outra forma, tome um comprimido por dia.
  3. Tome os comprimidos sempre à mesma hora todos os dias.
  4. Engula os comprimidos inteiros com água.
  5. Um guia sobre como deve tomar Livial pode ser encontrado na bula do medicamento. Consulte a bula antes da utilização.
  6. Não compense uma dose esquecida com uma dose dupla. Se falhar a toma de um comprimido, pode tomá-lo assim que se lembrar, desde que não tenham passado mais de 12 horas desde a hora habitual. Se tiver passado um período superior a 12 horas ou mais, deve deixar passar a dose esquecida e continuar o tratamento normalmente.

A informação acima serve apenas de guia. Não use este tratamento sem primeiro se familiarizar com as instruções presentes na bula do medicamento.

Download Livial bula do medicamento

Página revista em:  28/11/2018
Efeitos Secundários

É fundamental conhecer os efeitos secundários que este medicamento pode causar, uma vez que alguns podem requerer ajuda médica urgente. Informe o seu médico imediatamente se notar: aumento da tensão arterial, icterícia, enxaquecas pela primeira vez ou mais graves que o normal, coágulos sanguíneos ou uma reação alérgica.

Comuns (1 em 10 mulheres ou menos):

Dor nas mamas, estômago ou zona pélvica, crescimento de pelos na face ou corpo, hemorragia entre menstruações ou spotting, aumento das secreções vaginais, comichão, irritação e candidíase, crescimento excessivo do revestimento uterino ou alterações de peso.

Pouco comuns (1 em 100 mulheres ou menos):

Mãos inchadas, tornozelos ou pés, acne ou infeções vaginais.

Raros 1 em 1000 mulheres ou menos):

Comichão na pele.

Os efeitos secundários listados acima são apenas um resumo. Consulte a bula do medicamento para mais informação.

Tomar Livial com outros medicamentos

Informe o seu médico sobre outros tratamentos que esteja a tomar, durante a consulta. O Livial pode interagir com: agentes anticoagulantes como a varfarina, medicamentos para a epilepsia como o fenobarbital, fenitoína ou carbamazepina, rifampicina ou hipericão.

Condições a ter em conta

Informe o seu médico se tem historial de quaisquer condições de saúde, durante a consulta. Não deve tomar Livial se tem ou teve: cancro da mama, outros tipos de cancro sensíveis a estrogénios, episódios de hemorragia vaginal não explicada, coágulos sanguíneos, problemas de coagulação, hiperplasia endometrial, ataque cardíaco, AVC ou angina, intolerância à lactose, doença hepática que causa alterações nos resultados de análises ou porfíria. 

Se tem ou teve as seguintes condições, são necessárias precauções adicionais durante a utilização deste tratamento: fibromas no útero, endometriose, hiperplasia endometrial, aumento da suscetibilidade a coágulos sanguíneos ou cancro sensível a estrogénios, hipertensão arterial, cálculos biliares, problemas de fígado, diabetes, enxaquecas, lúpus, epilepsia, asma, otosclerose, triglicéridos elevados ou retenção de líquidos induzida pelos rins ou coração

Consultas regulares

O seu médico terá de monitorizar a sua TSH. Quando tomar este tratamento, é importante ter consultas regulares, pelo menos uma vez por ano.

TSH e cancro

Mais informação sobre a relação entre a TSH e o cancro pode ser encontrada na bula do medicamento.

Gravidez e amamentação

Este medicamento destina-se apenas ao uso por mulheres pós-menopáusicas. Não deve ser usado durante a gravidez ou amamentação. Se está grávida, deve parar de tomar o medicamento e informar o seu médico.

Conduzir e operar maquinaria pesada

O Livial não deve influenciar a sua capacidade de operar maquinaria

Intolerância à lactose

O Livial contém lactose. Se tem intolerância a açúcares, garanta que informa o seu médico durante a consulta.

Página revista em:  28/11/2018
Perguntas Frequentes

Posso beber álcool?

Sim. É pouco provável que o álcool afete a forma como o Livial funciona.

Poderei conduzir?

Sim. A sua capacidade de conduzir não será afetada por este medicamento. Contudo, alguns efeitos secundários associados podem tornar a condução insegura. Se os sofrer, evite conduzir e consulte o seu médico.

Posso tomar este medicamento durante a gravidez?

Não. Este não deve ser usado por mulheres grávidas, a tentar engravidar ou a amamentar.

Como deve ser armazenado?

Num ambiente seguro, abaixo dos 25ºC e fora do alcance das crianças. Guarde o tratamento na embalagem para proteger contra a luz e a humidade.

Posso ter alergia a este medicamento?

Este medicamento contém as seguintes substâncias: tibolona, amido de batata, lactose, palmitato de ascorbilo e estearato de magnésio. Se tem alergia a estas substâncias, não o tome.

Está disponível para venda livre?

É necessária uma receita médica para comprar Livial na farmácia. O nosso médico apenas prescreverá uma receita após avaliar o seu caso e se o tratamento estiver indicado.

Está indicado para mim?

O medicamento para a menopausa que tomar será determinado pelo seu médico durante a sua consulta. Este irá discutir consigo o tratamento mais indicado e prescrever uma receita se indicado. 

Podemos ajudar a renovar a receita médica para o seu medicamento. Preencha o nosso questionário médico em apenas alguns minutos para que um dos nossos médicos registados no GMC (Ordem dos médicos britânica) possa avaliar as suas respostas. Após a aprovação, o seu pedido será enviado por uma farmácia localizada na UE. A entrega de todos os pedidos é feita por correio expresso, para que não tenha de esperar mais de um dia útil pelo seu medicamento.

Página revista em:  28/11/2018
O nosso serviço

Consulta. Receita. Entrega. Satisfação.

  • Médicos registados
  • Medicamentos Originais
  • Entrega em 24 horas
  • Dados e Pagamentos Seguros
  • Farmácia registada
  • Repetir Pedidos

Prometemos manter os seus dados seguros e privados. Nunca iremos vender a sua informação ou partilhá-la com terceiros. Qualquer que seja o tratamento que encomende, faremos o envio numa embalagem sem referências através do nosso serviço de entregas expresso.

A entrega de todos os pedidos está incluída no preço. Após o seu pedido ter sido enviado, ser-lhe-á fornecido um número de rastreio, permitindo que siga o progresso da sua encomenda a qualquer momento. Fazemos a entrega em dentro de 24 horas após a aprovação do nosso médico.

Processo simples
Conseguir o tratamento que precisa nunca foi tão fácil com o nosso serviço online rápido e simples.
  • Procure o seu medicamento

    Encontre o tratamento que precisa.
  • Preencha um breve questionário

    Um médico registado irá rever as suas respostas.
  • Entrega em 24 horas na sua morada

    Entrega no dia seguinte. Todos os pedidos são enviados por entrega expresso.
  • Repetir o seu pedido é fácil

    Mantemos os seus dados seguros para que possa voltar a encomendar facilmente.

Não foram encontrados resultados. Pode encontrar todos os nossos tratamentos em aqui