CondiçãoClamídiaGonorreiaSífilisVerrugas genitaisHerpes genitalTricomoníase
 Tipo BacterianaBacterianaBacteriana Viral Viral Parasítica
Sintomas habituais nas mulheres*Dor urinária ou abdominal, menstruação mais severa, hemorragia após o sexo ou entre períodos, corrimento vaginal.Dor urinária ou abdominal, ardor, períodos abundantes, hemorragia após o sexo ou entre períodos (raro), corrimento vaginal (verde ou amarelo).

Primeira fase (10-90 dias após a infeção): chacra nos genitais.

Fase secundária (poucas semanas após os primeiros sinais desaparecerem): garganta inchada, erupção cutânea, gânglios inchados, crescimentos genitais semelhantes a verrugas.

Pequenas protuberâncias de pele na vagina, cérvix, região anal ou parte superior das coxas.Vesículas e feridas nos genitais, ânus ou coxas, dor urinária, corrimento vaginal.Alterações na consistência, cheiro e cor do corrimento vaginal, dor durante o sexo ou ao urinar, dor abdominal, sensação de irritação em torno da vagina.
Complicações**Doença inflamatória pélvica, cervicite e infertilidade.Doença inflamatória pélvica e infertilidade.Fase terciária (meses ou anos após a infeção): AVC, paralisia, perda permanente da visão e audição, falência cardíaca, demência, perda de função motora ou morte.Problemas urinários e durante a gravidez.

Problemas na gravidez, incluindo o aumento do risco de aborto.

Por vezes as vesículas podem ficar infetadas com bactérias, que podem fazer com que a infeção se dissemine a outras partes do corpo.

Parto prematuro nas mulheres grávidas ou aumento do risco de contrair outras infeções.
Sintomas habituais nos homens*Dor ao urinar, corrimento pelo pénis ou dor testicular.Dor ou ardor ao urinar, prepúcio inflamado, dor testicular (rara), corrimento pelo pénis amarelo, verde ou branco. Tal como acima.Aparecimento de pequenas protuberâncias de pele no pénis ou em torno deste, região anal ou escrotal ou na parte superior das coxas.Vesículas e feridas no pénis ou em torno deste, ânus ou coxas, dor ao urinar. Corrimento pelo pénis, aumento da frequência urinária ou dor, inchaço e inflamação em torno da ponta do pénis, dor durante o sexo.
Complicações**Uretrite, epididimite, infertilidade.Infeção da próstata ou testicular, diminuição da fertilidade.Tal como acima.Dor uretral, que dificulta a passagem de urinarDisseminação da infeção se as vesículas forem infetadas por bactérias.Aumento da suscetibilidade a outras DST
Pode ser assintomática?Sim. Aproximadamente 50% dos casos masculinos e 80% dos casos femininos não apresentam sintomas.Sim. Cerca de 10% dos casos masculinos e 50% dos casos femininos não apresentam sintomas.Geralmente não, mas os sintomas da infeção inicial podem ser ligeiros e passar facilmente despercebidos.Sim. Pode estar presente a infeção de HPV sem que estejam presentes sintomas.Sim. Os sintomas podem não ser aparentes logo de início.Sim. Cerca de 50% de todos os casos em ambos os sexos podem ser assintomáticos.
Meio de transmissãoSexo desprotegido vaginal, oral ou anal ou partilha de brinquedos sexuais. Sexo desprotegido vaginal, oral ou anal ou partilha de brinquedos sexuais.Contacto com uma verruga por sexo vaginal, anal ou oral.Contacto pele com pele.Contacto pele com pele.Sexo vaginal e partilha de brinquedos sexuais.
Métodos de diagnósticoAmostra de urina e esfregaço.Amostra de urina (homens) e esfregaço vaginal ou cervical (mulheres).Exame, teste sanguíneo e esfregaço.Exame da área infetada.Exame visual e em alguns casos esfregaço.Exame físico que pode ser seguido de uma amostra de urina ou esfregaço.
Curável?Sim.Sim.Sim.O vírus não é curável mas as verrugas podem ser tratadas.Não. Mas as reativações podem ser controladas com tratamentos e colocar o vírus em remissão.Sim.
Tratada com ***Primeira linha de tratamento é a Azitromicina com uma dose única ou uma semana de tratamento com Doxiciclina.A primeira linha de tratamento é uma combinação de antibióticos administrada em ambulatório: injeção de cefiatroxona e Azitromicina administrada numa dose única.A primeira é uma injeção intramuscular de benzatina benzylpenicilina, que apenas pode ser administrada em ambulatório.Creme antiviral tópico ou em solução como Warticon, Aldara ou Condyline.Comprimidos antivirais orais ou cremes ou soluções tópicas, como o aciclovir, o valtrex, o famvir e o valaciclovir.Ciclo de antibióticos como o Metronidazol e o Tinidazol. 

* - Esta não é uma lista completa dos possíveis sintomas. Mais informação pode ser encontrada nas páginas destas condições.
** - Mais uma vez, esta não é uma lista completa das possíveis complicações. Consulte outras páginas para mais informação.
*** - Algumas infeções bacterianas desenvolveram resistência a alguns antibióticos, por este motivo, por vezes é necessária uma combinação de tratamentos.

Página revista em:  26/10/2017