Clamídia

A clamídia é uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns em Portugal, com inúmeros casos a serem reportados anualmente. Se deixada por tratar, a condição pode causar infertilidade.

  1. 50% dos homens não apresentam sintomas
  2. 80% das mulheres não apresentam sintomas
  3. Fácil de tratar com antibióticos

Procurar tratamento para as DST’s pode ser incómodo, porém o nosso serviço de prescrição e consulta privados permite que obtenha um acesso discreto ao medicamento que precisa. 

  • Médicos registados
  • Entrega em 24 horas
  • Pagamento seguro

3 tratamento(s) para Clamídia

Azitromicina

Azitromicina

  1. Medicamento em comprimidos fácil de utilizar
  2. Tratamento de dose única para a clamídia
  3. Antibiótico eficaz
Comprar Online Agora
Eritromicina

Eritromicina

  1. Antibiótico de ampla ação
  2. Tratamento de segunda linha para a clamídia
  3. Disponível em suspensão oral
Sem stock
Doxiciclina

Doxiciclina

  1. Vários tipos de utilização
  2. Cápsulas fáceis de tomar
  3. Tratamento de infeções bacterianas ou parasitárias
Comprar Online Agora
Descrição

A clamídia é uma doença sexualmente transmissível causada pela bactéria Chlamydia trachomatis. Pensa-se ser a doença sexualmente transmissível mais comum em Portugal. Afeta mais frequentemente pessoas mais jovens, entre os 18 e os 24 anos. As mulheres tendem a ser mais suscetíveis à condição do que os homens, mas têm uma menor probabilidade de desenvolver sintomas durante as fases iniciais da infeção. Enquanto 50% dos homens com clamídia não apresenta sinais visíveis, 80% das mulheres pode não apresentar sintomas da infeção, tornando-a difícil de detetar.

Nos casos em que os sintomas estão presentes, uma mulher com clamídia pode sofrer de dor ao urinar, aumento do corrimento menstrual ou corrimento vaginal, enquanto o homem pode sofrer de corrimento no pénis, dor ao urinar ou dor testicular. Contudo, esta condição pode ser prejudicial mesmo nos casos em que não ocorrem sintomas. Se deixada por tratar, a clamídia pode levar à doença inflamatória pélvica e pode tornar inférteis tanto o homem como a mulher.

Como a condição é mais frequentemente transmitida por sexo desprotegido e não é detetada facilmente, é importante fazer testes frequentes caso tenha sexo desprotegido, particularmente no caso de ter tido vários parceiros sexuais. Para além de ser transmitida por sexo vaginal, anal e oral, a infeção também pode ser transmitida pela partilha de objetos sexuais.

O nome clamídia deriva da palavra grega para “capa”, em parte devido à capacidade da infeção se esconder nas células do hospedeiro e permanecer não detetada. Como infeção bacteriana, a clamídia dissemina-se no corpo quando as células associadas à infeção se multiplicam e aumentam o seu número. Os antibióticos combatem a infeção ao criarem espaços nas paredes das células, limitando a capacidade da bactéria crescer e permitindo às defesas naturais do corpo eliminar o que resta da infeção. 

Se pensa sofrer de clamídia, ou teve sexo desprotegido com alguém que tem a doença, é importante fazer um teste e não correr riscos. Uma vez diagnosticada a condição, o tratamento é simples.

No Treated.com trabalhamos com médicos e farmacêuticos registados para que consiga o tratamento que procura, sem complicações. Para saber se os tratamentos da clamídia são indicados para si, selecione o seu medicamento e preencha o nosso breve questionário hoje mesmo.

Página revista em:  03/04/2018
Tipos de Tratamento

A clamídia é uma infeção bacteriana comum, transmitida pelo sexo desprotegido. Posterior a um diagnóstico bem sucedido, o tratamento sob a forma de antibióticos como a Azitromicina e Doxiciclina. Quando estes estão contraindicados, poder ser recomendado o tratamento com Eritromicina.

Como funcionam?

Os antibióticos tratam as infeções ao atacar as bactérias responsáveis. No caso da clamídia, a bactéria responsável tem o nome de Chlamydia trachomatis. Alguns antibióticos atuam de maneira diferente do que outros, mas na maioria dos casos, estes inibem a capacidade das bactérias responsáveis produzirem proteínas cruciais ao seu crescimento. Quando as bactérias são impedidas de se multiplicar e disseminar no corpo, estão suscetíveis à ação dos anticorpos que as eliminam.

Quais são os efeitos secundários?

Dependendo do medicamento que usa, os efeitos secundários podem variar. É vital que se familiarize com os potenciais efeitos secundários antes de usar o medicamento, para que possa procurar ajuda médica se necessário. Os efeitos secundários frequentemente associados aos antibióticos incluem perda de apetite, tonturas, dores de cabeça e irritação da pele.

Posso tomar antibióticos com outros medicamentos?

Os medicamentos antibióticos podem por vezes afetar os efeitos de outros tratamentos, pelo que é essencial que informe o seu médico se estiver a usar outros tratamentos ou se os usou no passado. Para informação mais detalhada, fale com o seu médico ou consulte a bula dos medicamentos fornecida.

Página revista em:  03/04/2018
Perguntas Frequentes

Qual a diferença entre os medicamentos?

A principal diferença entre os antibióticos de que dispomos para a clamídia reside na forma como estes combatem a bactérias e nos efeitos secundários associados.

Devo tomar Azitromicina?

O medicamento que escolher depende de vários factores, nomeadamente, do tipo de tratamento que usou anteriormente com sucesso e da sua suscetibilidade aos efeitos secundários, que pode determinar o seu uso ou não. Para mais informação, consulte as páginas de produto e a bula dos medicamentos. Se permanecer com dúvidas, peça aconselhamento ao seu médico ou farmacêuticoe.

Existem efeitos secundários?

Sim. Os medicamentos contêm diferentes substâncias e podem ter mecanismos diferentes de ação, o que significa que os efeitos secundários que podem induzir, variam. Consulte sempre a bula de cada medicamento antes do seu uso. Para a maioria dos antibióticos os efeitos secundários, não estão limitados a, mas incluem: dores de cabeça, tonturas, erupções cutâneas, comichão, diarreia e dor abdominal.

Está indicado para mim?

Pode saber qual o medicamento mais indicado para si ao escolher o tratamento e preencher um breve questionário. Um dos nossos médicos qualificados irá avaliar as suas respostas e se concordar que o tratamento está indicado para si, enviaremos o medicamento diretamente para si por entrega expresso no dia seguinte.

Página revista em:  03/04/2018
O nosso serviço

Consulta. Receita. Entrega. Satisfação.

  • Médicos registados
  • Medicamentos Originais
  • Entrega em 24 horas
  • Dados e Pagamentos Seguros
  • Farmácia registada
  • Repetir Pedidos

Prometemos manter os seus dados seguros e privados. Nunca iremos vender a sua informação ou partilhá-la com terceiros. Qualquer que seja o tratamento que encomende, faremos o envio numa embalagem sem referências através do nosso serviço de entregas expresso.

A entrega de todos os pedidos está incluída no preço. Após o seu pedido ter sido enviado, ser-lhe-á fornecido um número de rastreio, permitindo que siga o progresso da sua encomenda a qualquer momento. Fazemos a entrega em dentro de 24 horas após a aprovação do nosso médico.

Processo simples
Conseguir o tratamento que precisa nunca foi tão fácil com o nosso serviço online rápido e simples.
  • Procure o seu medicamento

    Encontre o tratamento que precisa.
  • Preencha um breve questionário

    Um médico registado irá rever as suas respostas.
  • Entrega em 24 horas na sua morada

    Entrega no dia seguinte. Todos os pedidos são enviados por entrega expresso.
  • Repetir o seu pedido é fácil

    Mantemos os seus dados seguros para que possa voltar a encomendar facilmente.
Treated.com está classificado com 9 em 10 por 3318 clientes no TrustPilot!

Não foram encontrados resultados. Pode encontrar todos os nossos tratamentos em aqui