Muitos medicamentos são fornecidos em diferentes 

dosagems e o Viagra não é exceção, sendo um dos medicamentos mais populares em todo o mundo. A dosagem mais baixa de 25mg, pode ser prescrita aos homens com disfunção erétil por várias razões.

Efeitos secundários com dosagems mais elevadas

Esta dosagem contém metade da quantidade do princípio ativo sildenafil, presente na dosagem inicial recomendada. Como resultado, homens que trataram com sucesso a sua disfunção erétil mas notaram efeitos secundários ligeiros após a primeira toma, como dores de cabeça ou problemas de visão, podem ser aconselhados a fazer uma redução para a dosagem de Viagra 25mg.

No caso de qualquer tratamento, o médico irá recomendar a dosagem mais baixa para limitar o risco de efeitos secundários.

Quando o risco de efeitos secundários está aumentado

Se um paciente de primeira vez é mais suscetível a efeitos secundários ligeiros, um médico pode optar por prescrever uma dosagem mais baixa. Contudo, homens com certos problemas de saúde podem não estar indicados a tomar qualquer dosagem.

Tenha em conta que se notar efeitos secundários graves enquanto toma Viagra, deve parar de usar o tratamento e notificar o seu médico o mais cedo possível.

Taxa de eficácia do Viagra

Os ensaios clínicos feitos às diferentes dosagems de sildenafil demonstraram resultados consistentes em termos de eficácia:

  • A dosagem de 25mg produziu ereções com duração suficiente em 63% dos casos
  • Com a dosagem a seguir, a taxa foi de 74%
  • Com a dosagem mais elevada, a taxa foi de 82%. 

Tendo em conta estes valores, a dosagem mais reduzida de Viagra é pouco provável de ser drasticamente menos eficaz em muitos casos, do que a dosagem mais elevada.

Qual dosagem do Viagra devo tomar?

Depende da sua condição individual:

  • Se sofrer de condições que possam tornar a toma de Viagra potencialmente perigosa, então não o deve tomar. Nestes casos deve falar com o seu médico sobre a necessidade de um tratamento alternativo.
  • Aqueles que tomam Viagra pela primeira vez, que sofrem de sintomas de disfunção erétil, mas não sofrem de condições médicas e são de uma forma geral saudáveis, são geralmente aconselhados a tomar a dosagem intermédia.
  • Contudo, se a dosagem intermédia tiver produzido resultados suficientes, mas causou efeitos secundários ligeiros, como dores de cabeça, a dosagem de 25mg pode ser a mais recomendada para si. 

Pode saber mais ao consultar as nossas páginas sobre os diferentes tipos de comprimidos para a disfunção erétil disponíveis.

Página revista em:  29/01/2019