108,00 €

Em Portugal, o Viagra é um medicamento sujeito a receita médica. Pelo que este não pode ser adquirido sem consultar primeiro um médico.

Se sofre de disfunção erétil e quer saber mais sobre as opções de tratamento disponíveis, deve consultar o seu médico para mais informação.

Consultar o seu médico sobre este problema de saúde pode parecer intimidante, mas não tem de ser. A disfunção erétil é uma condição muito comum, para a qual existem várias opções de tratamento.

O que devo esperar da minha consulta médica?

Antes de obter uma receita médica para o Viagra, o seu médico terá de avaliar se este medicamento está indicado para si.

O princípio ativo do Viagra é o sildenafil que atua ao relaxar os vasos sanguíneos à entrada do pénis, permitindo que mais sangue circule para esta área. O aumento do fluxo sanguíneo aumenta a função erétil

A reação física causada pelo princípio ativo do Viagra pode interagir com algumas condições de saúde e medicamentos, pelo que o seu médico deverá garantir que este é uma opção segura.

Dependendo do seu estado de saúde, a sua consulta médica pode incluir os seguintes passos:

  • Consulta

Deverá estar preparado para responder a questões sobre a natureza do seu problema erétil. É provável que o seu médico queira saber detalhes sobre os seus sintomas, durante quanto tempo sofre destes e também informação sobre a sua saúde em geral e historial sexual. 

Uma revisão do seu historial médico irá permitir saber se existem condições primárias responsáveis pelo desenvolvimento da disfunção erétil.

  • Exame físico e testes

A disfunção erétil pode ser um sinal de problemas cardiovasculares causados pelo estreitamento dos vasos sanguíneos. Existem alguns testes que o seu médico pode fazer para despistar estes problemas. Estes podem incluir leituras de tensão arterial, auscultação do seu coração e medir o seu peso e altura.

Se o seu médico suspeitar que a próstata pode estar a contribuir para os seus problemas de função erétil, pode ser requisitado um exame retal digital. 

É comum que o seu médico lhe prescreva análises de rotina para diagnosticar qualquer condição subjacente e verificar os seus níveis hormonais.

Dependendo do resultado dos testes acima, poderá ser-lhe prescrito um medicamento para a disfunção erétil como o Viagra.

O Viagra é comparticipado pelo estado?

Não, o Viagra não é comparticipado pelo estado. Apesar do seu médico lhe poder prescrever uma receita para comprar Viagra, este não terá um preço mais reduzido por isso. 

A receita médica irá permitir que compre Viagra ao preço de mercado numa farmácia local ou farmácia online.

Posso encomendar Viagra online em segurança?

Sim, porém, é importante verificar que a farmácia online que está a usar está registada no General Pharmaceutical Council ou GPhC (Ordem dos farmacêuticos britânica). 

As farmácias reguladas pelo GPhC disponibilizam uma consulta médica, com questões semelhantes às que seriam feitas numa consulta médica física.

Deve evitar quaisquer websites que afirmem vender Viagra sem receita médica, uma vez que estes são ilegais. Os websites que comercializam medicamentos ilegalmente podem até vender medicamentos contrafeitos, não regulados e potencialmente perigosos.

Página revista em:  15/11/2018