A maioria das pessoas quando questionadas sobre tratamentos sujeitos a receita médica para a disfunção erétil, menciona sempre a mesma reposta: Viagra ou o “comprimido azul”. Ao longo dos últimos anos, este medicamento tem sido associado à condição. Porém, recentemente, outros medicamentos ficaram disponíveis, alguns responsáveis por resultados mais rápidos ou (nalguns casos) até mais eficazes. Estes não incluem apenas comprimidos como o Cialis, o Levitra e mais recentemente o Spedra. Agora pode comprar supositórios uretrais, injeções, cremes e até comprimidos mastigáveis.

Nem todos os homens gostam de tomar comprimidos, pelo que é importante considerar as seguintes alternativas:

MUSE

Fabricado pela empresa farmacêutica japonesa MEDA Pharmaceuticals, o MUSE é um dos, se não o mais rápido medicamento para a disfunção erétil. Está também disponível há já algum tempo, desde 1997 e foi aprovado para o tratamento da disfunção erétil na mesma altura que o Viagra. Porém, qual o motivo de não ser tão conhecido como este?

A razão mais provável é o seu método de administração que, apesar de relativamente simples, não é tão conveniente e discreto como engolir um comprimido com água. O MUSE é conhecido como sendo um supositório uretral, o que significa que é inserido na uretra, na ponta do pénis. Isto pode parecer doloroso, porém, a maioria das homens acha que este causa um pequeno desconforto inicialmente, antes de se habituarem à sua utilização. Após a administração, o pénis deve ser rodeado pelas suas mãos, para ajudar a solução a circular.

Talvez a principal vantagem deste medicamento seja a rapidez da sua ação. Os utilizadores irão notar os seus efeitos dentro de 5-10 minutos, enquanto o Spedra, o tratamento mais rápido disponível em comprimidos, pode levar cerca de 15-30 minutos a atuar.

Um estudo de 1997 desenvolvido por urologistas da Universidade do Sul da Califórnia sobre a eficácia do alprostadilo administrado pela uretra, concluiu que cerca de dois terços dos homens a usar este medicamento notaram ereções fortes e consistentes suficientes para penetração, enquanto um quinto demonstrou resultados satisfatórios com o placebo. Outra investigação desenvolvida em Londres, um ano depois, produziu resultados semelhantes, com 64% dos homens a notar melhorias na sua potência erétil.

Quando comparado com comprimidos para a disfunção erétil, o MUSE apresenta um nível de eficácia comparável à dose mais baixa de Viagra (25mg), que foi comprovada produzir resultados eficazes em 63% dos utilizadores. 

A principal desvantagem do MUSE, quando comparado com comprimidos para a disfunção erétil, é a duração da sua ação. Enquanto o Viagra e o Levitra permanecem ativos até quatro ou cinco horas, os efeitos do MUSE desaparecem ao fim de apenas uma hora.

MUSE Box Front

Mais informação

 

Caverject

Tal como o MUSE, este medicamento contém alprostadilo, uma versão sintética de um tipo de químico conhecido como prostaglandina. Este é injetado na base do pénis e por ser um tratamento local, produz resultados mais rápidos que a maioria dos comprimidos em média, em cerca de 5 a 20 minutos.

O Caverject está disponível em duas formas. A opção Vials apresenta-se em pó, que é posteriormente misturado com um líquido igualmente fornecido, enquanto a versão Dual Chamber é comercializada numa versão pré-misturada. É também produzido pela Pfizer, a mesma empresa que desenvolveu o Viagra. 

Mais uma vez, por ser uma injeção, não é tão discreto como os comprimidos, porém pode ser igualmente eficaz. Um estudo desenvolvido por cientistas sauditas e publicado no British Journal of Urology International, concluiu que a injeção intracavernosa de alprostadilo produziu ereções em mais homens (cerca de 90%), do que um método de administração uretral (60%), apesar de ter sido relatado mais desconforto. De facto, a dor no pénis é um dos efeitos secundários mais reportados com o Caverject.

Para muitos, o facto de auto administrarem uma injeção no pénis, pode ser assustador, o que afasta alguns utilizadores deste método de tratamento. Porém, tal como o MUSE, este torna-se mais fácil de utilizar à medida que o utilizador fica mais habituado.

Talvez, mais uma vez, uma das principais desvantagens do Caverject em comparação com os comprimidos, é a duração da sua atividade. Os efeitos começam a desaparecer dentro de uma hora. Porém, para alguns, esta desvantagem é compensada pela sua velocidade de ação.

Caverject Vials Box Front

Mais informação

 

 

Viridal Duo

Viridal Duo, muito parecido com a maioria dos outros medicamentos mencionados aqui, também contêm alprostadil como o ingrediente ativo. A prostaglandina sintética é injetada no corpo cavernoso do pénis. O tratamento pode permitir que os pacientes produzam uma ereção dentro de 5 a 15 minutos após a aplicação.

Novamente, uma injeção peniana pode não ser o método de aplicação mais atraente, mas essa forma de medicação pode funcionar bem para pacientes que obtêm pouco benefício dos inibidores orais da PDE5, como Viagra e Cialis.

O efeito colateral mais comum associado ao Viridal Duo é a dor no pénis. No entanto, durante os ensaios clínicos, apenas três por cento dos participantes interromperam o uso devido à dor no pénis. Os pacientes são encorajados a comparecer a consultas regulares de acompanhamento para verificar qualquer cicatriz na pele.

O Viridal está disponível em três dosagens diferentes, cada uma das quais pode funcionar por até 60 minutos. Os pacientes que pretendem comprar este produto deverão ter aprendido como administrá-lo por um médico ou enfermeiro.

 

Vitaros

O terceiro e último produto com alprostadilo presente na nossa lista é o Vitaros, um creme produzido pela farmacêutica Takeda Pharmaceuticals. Este é aplicado diretamente no pénis, de forma semelhante ao MUSE, com a utilização de um êmbolo. Após a aplicação, o pénis deve ser segurado de forma a facilitar a administração do creme, começando a sua ação dentro de 5-30 minutos.

Uma das maiores vantagens do Vitaros é a sua fácil aplicação e a reduzida probabilidade de interação com outros medicamentos. Uma revisão clínica recente afirmou que a dose mais elevada de Vitaros tem uma taxa de sucesso de 83%, o que a coloca ao nível da dose de 100mg de Viagra, com uma taxa de sucesso de 82%.

Com esta taxa de eficácia elevada e fácil aplicação, será que o Vitaros tem alguma desvantagem? Sim. Ao ser uma prostaglandina, não se mantém ativo durante tanto tempo como os medicamentos inibidores da PDE5. A boa notícia, contudo, é que tem efeitos ligeiramente mais prolongados que o MUSE e o Caverject nalguns casos, podendo ter uma duração até duas horas em vez de uma. Para além de ser fácil de aplicar, é também mais discreto e não demora tanto tempo a preparar como a injeção.

Por outro lado, apesar de ter uma ação mais rápida em média que a maioria dos comprimidos, pode ser um pouco mais lento que os outros medicamentos com prostaglandinas, levando meia hora a uma hora a atuar.

Vitaros Front

Mais informação

Invicorp


O Invicorp é a mais recente linha de medicamentos para injeção peniana no tratamento da disfunção erétil.

O medicamento de prescrição usa uma combinação de ingredientes ativos para ajudar os pacientes a conseguir uma ereção forte o suficiente para a relação sexual.

O mesilato de fentolamina trabalha para aumentar a quantidade de sangue que flui para o pénis, enquanto aviptadil reduz a quantidade de sangue que flui para fora do pénis.

O Invicorp provou ser eficaz em ensaios clínicos com um estudo ao mostrar que mais de 80% dos pacientes estavam satisfeitos com o medicamento. Este tratamento pode ser menos provável de causar dor no local de injeção do que o de Caverject e o Viridal, embora ainda seja um possível efeito colateral. Um efeito colateral comum relacionado à Invicorp é o rubor facial e da parte superior do corpo.

Embora a autoadministração de uma injeção possa não ser adequada a todos, este tipo específico de tratamento pode ser benéfico para os homens que experimentaram produtos de alprostadil sem sucesso. Os pacientes devem aprender a aplicar a injeção de Invicorp com um profissional de saúde antes de iniciar o tratamento.

Nipatra

Este tipo de comprimido mastigável para a disfunção erétil produzido pela Mercury Pharma é provavelmente o tratamento mais discreto desta lista e o mais fácil de tomar. Este contém exatamente o mesmo princípio ativo do Viagra, um inibidor da PDE5 chamado sildenafil e atua de forma semelhante. Ao contrário da versão em comprimidos normais, este não precisa de ser tomado com água.

Estudos clínicos identificaram que o início de ação deste medicamento é de 25 minutos em média, tornando-o mais lento que os medicamentos descritos acima. Isto deve-se ao facto deste medicamento, tal como os comprimidos normais, ser tomado oralmente e precisar de ser digerido pelo corpo, enquanto medicamentos como o Caverject, o MUSE e o Vitaros são aplicados diretamente no pénis e absorvidos pela corrente sanguínea rapidamente, atuando mais rapidamente.

Contudo, o Nipatra tem vantagens ao nível da duração da sua ação, que pode ser até cinco vezes superior à dos medicamentos descritos acima.

Nipatra 100Mg Front

Mais informação

 

De forma resumida, o medicamento que escolher, depende dos efeitos que procura.

Se está num relacionamento longo, a discrição pode não ser uma prioridade e pode simplesmente estar interessado na rapidez dos efeitos, neste caso, o MUSE pode ser a escolha certa. 

Para uma maior eficácia, o Caverject pode ser a escolha de homens que se sintam confortáveis com agulhas, enquanto homens que preferem a rapidez de efeitos e simplicidade podem optar pelo Vitaros.

Os utilizadores que não têm grandes preocupações sobre a rapidez de ação, mas para os quais a discrição é importante, podem encontrar no Nipatra a melhor solução do mercado.

O historial médico bem como a utilização de outros tratamentos também é um fator importante. Ao ser um comprimido, o Nipatra está sujeito às mesmas interações que os outros inibidores da PDE5, contudo, medicamentos como o MUSE, o Caverject e particularmente o Vitaros acarretam um menor risco de interações por se manterem ativos por menos tempo, mantendo-se pouco tempo no corpo. 

Se procura uma solução simples para tratar a disfunção erétil e não sabe por onde começar, o seu médico poderá aconselhá-lo.

ProdutoMUSECaverjectVitarosNipatra
Preço*    
Fabricado porMEDAPfizerTakedaMercury
Princípio AtivoAlprostadiloAlprostadiloAlprostadiloSildenafil
TipoSupositório uretralInjeçãoCreme uretralComprimido mastigável
Disponível desde1997200020132012
Início de ação**5-10 minutos5-20 minutos5-30 minutos30-60 minutos
Duração de efeitos***30-60 minutosAté 60 minutos1-2 horasAté 5 horas
Doses disponíveis250, 500 ou 1000 microgramas10, 20 ou 40 microgramas2 ou 3mg por grama25, 50 ou 100mg
AdministraçãoConsoante a necessidadeConsoante a necessidadeConsoante a necessidadeConsoante a necessidade
Disponível para venda livre?NãoNãoNãoNão
Pode ser tomado com álcool?Não recomendadoNão recomendadoNão recomendadoNão recomendado
Pode ser tomado com alimentos?Sim.Sim.Sim.Refeições pesadas pode aumentar o tempo de resposta.
Poderei conduzir após a toma?Sim, desde que não sofra efeitos secundários.Sim, desde que não sofra efeitos secundários.Sim, desde que não sofra efeitos secundários.Sim, desde que não sofra efeitos secundários.
Características únicasAção rápida, atua em apenas 10 minutos ou menos.Atua rapidamente e o método de aplicação aumenta a eficácia.Tratamento de ação rápida, fácil de administrar.Versão mastigável do Viagra, mais simples do que os comprimidos normais.
Saiba mais no Treated.com    

 * - Preços do Treated.com. Os preços para o MUSE e Caverject são para uma dose única ou aplicação simples. Os preços do Nipatra e Vitaros são para quatro doses individuais.

** - Duração antes das relações sexuais, tal como indicado pelas bulas dos medicamentos.

*** - Em média, com base na informação do fabricante.

+ - Esta informação não está completa. Para informação sobre os efeitos secundários, advertências e interações com outros medicamentos pode ser encontrada nas respetivas páginas de produtos ou bulas dos medicamentos.

Página revista em:  12/09/2018