114,00 €

Também conhecido como comprimido de fim-de-semana, o Cialis é o segundo medicamento mais popular para a disfunção erétil. Pode comprar Cialis em três doses diferentes, porém, os homens que tomam este medicamento pela primeira vez, devem começar pela dose de 10mg.

Porque é que a dose de 10mg é a dose inicial?

Nem todas as pessoas são iguais no que diz respeito a medicamentos, incluindo o Cialis. Algumas pessoas respondem melhor a uns tratamentos que outras e outras são mais suscetíveis aos efeitos secundários. Quando o médico prescreve uma receita, na maioria dos casos é prescrita a dose mais baixa eficaz. Isto ajuda a limitar o risco de efeitos secundários.

Aprovar uma dose de 10mg de Cialis dá ao prescritor alguma margem de manobra. Se a dose de 10mg se provar eficaz, mas causar alguns efeitos secundários ligeiros, que no caso do Cialis podem incluir dores de cabeça ou congestão nasal, pode ser recomendada uma dose mais leve. Por outro lado, se a dose de 10mg não for tão eficaz, pode ser prescrita uma dose mais elevada.

Porque não começar pela dose mais elevada?

O aspeto mais importante acerca dos medicamentos para a disfunção erétil ou relativamente a qualquer medicamento, é a sua segurança. É possível que as pessoas sofram de condições que desconhecem e que estejam sujeitas a efeitos secundários sem o saberem. A prescrição do Cialis 10mg ajuda os médicos a controlarem este risco.

Para benefício da sua segurança, deve sempre fornecer a máxima informação possível sobre o seu historial médico durante a consulta. Isto irá minimizar o risco de efeitos secundários e a verificar se o medicamento está indicado.

De qualquer das formas, este medicamento apenas deve ser prescrito a homens com sintomas de disfunção erétil que não sofram de problemas de saúde graves.

Resultados em ensaios clínicos

A eficácia de cada dose de Cialis foi avaliada em estudos clínicos, incluindo a dose de 10mg, tendo sido estes os seguintes resultados:

  • Aos homens nos quatro estudos avaliados foi pedido para manterem um diário da sua capacidade de penetração após tomarem Cialis.
  • Em média, os homens que tomavam a dose de 10mg eram capazes de manter uma ereção suficiente para penetração em 73% das vezes.
  • Isto compara-se a 81 dos utilizares a tomar a dose mais elevada.
  • Aos indivíduos foi também perguntado se as suas ereções permaneciam firmes até ao fim da relação sexual.
  • A resposta foi positiva em 59% dos casos para o Cialis 10mg.
  • E para 71% dos casos a usar a dose mais elevada.

Tal como foi provado, o Cialis 10mg contém metade da dose de tadalafil que a dose mais elevada, porém, não quer dizer que a sua eficácia esteja reduzida para metade.

Ao considerar estes resultados, os pacientes devem também lembrar-se que apesar deste medicamento ser tomado consoante a necessidade, é pouco provável que qualquer outro medicamento para a disfunção erétil tenha efeitos até 36 horas.

Página revista em:  23/11/2017