Covid-19 - O nosso serviço segue a funcionar normalmente.
×

COVID-19 (Coronavírus)

COVID-19 é uma condição que afeta as vias respiratórias. É desencadeada pela cepa SARS-Cov-2 do coronavírus.

  • Uma nova doença que afeta o sistema respiratório
  • Nenhum tratamento atualmente disponível
  • Pacientes com o vírus devem se isolar até a recuperação completa

Caso desenvolva sintomas respiratórios persistentes, como a febre ou a tosse, ligue para o SNS24, no número 808 24 24 24. 

  • Clínicos registados
  • Entrega em 1 dia útil
  • Pagamento seguro

1 tratamento(s) para COVID-19 (Coronavírus)

COVID-19 Teste de Anticorpos

COVID-19 Teste de Anticorpos

  1. Teste de Laboratório para Anticorpos para o COVID-19
  2. Fácil de utilizar com uma lanceta aplicada ao dedo
  3. Resultado em 24H após o recebimento pelo laboratório
Sem stock
Descrição

Atenção: Esta página contém informações sobre o coronavírus e o COVID-19. No entanto, novas informações são publicadas diariamente e estão sujeitas a alterações. Portanto, nos esforçamos para manter esta página o mais atualizada possível. Para obter os conselhos mais recentes sobre coronavírus, consulte o website do SNS24.

O que é o COVID-19?

O COVID-19 surgiu recentemente e é um vírus do grupo dos coronavírus, cuja cepa afeta o trato respiratório.

O vírus é nativo de Wuhan, na China. O primeiro caso confirmado e diagnosticado do vírus foi relatado à Organização Mundial da Saúde (OMS) em 8 de dezembro de 2019. Em seguida, afetou quase todos os países mundialmente e a sua propagação passou a ser considerada pandemia em 11/03/2020, pela OMS.

Como o coronavírus é uma doença nova, o seu modo de transmissão ainda é incerto, assim como a sua deteção pode ser confusa para o cidadão comum, pois partilha de sintomas semelhantes com outros vírus respiratórios. Acredita-se que a sua transmissão é feita por via aérea por meio de gotículas ou por contato com superfícies contaminadas. 

Os grupos de pacientes com maior risco de contrair a doença são pessoas com mais de 65 anos e pessoas com condições subjacentes ou imunocomprometidas.

Quais são os sintomas do COVID-19?

De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), os sintomas da infeção pelo COVID-19 são variados e com níveis de gravidade diferentes, podendo inclusive serem assintomáticos. Entre os principais sintomas estão:

febre (temperatura ≥ 38.0ºC)

  • tosse
  • dor de garganta
  • cansaço e dores musculares

    Nos casos mais graves:

  • Pneumonia grave
  • Síndrome respiratória aguda grave
  • Septicemia
  • Choque sético e eventual morte.

Os dados mais recentes apontam para o agravamento da infeção geralmente na segunda semana, podendo acontecer muito rapidamente em alguns casos.

A anosmia (perda do olfato) é um sintoma descoberto mais recentemente. Isto consiste na perda do paladar, como sintoma da COVID-19. Evidências da Coreia do Sul, China e Itália demonstram que doentes com COVID-19 desenvolveram perda parcial ou total do olfato, em alguns casos na ausência de outros sintomas.

Como o COVID-19 é transmitido?

Como o coronavírus é uma doença nova, não sabemos exatamente como é que é transmitido de uma pessoa para outra. Acredita-se que, como vírus semelhantes, é transmitido entre pessoas por meio de gotículas de tosse ou ao tocar numa superfície contaminada e depois ingerir as células virais (ao tocar os olhos, a boca ou a comida).

Como impedir que o COVID-19 se propague?

Embora atualmente não exista tratamento específico para o coronavírus, há algumas ações que podem ser feitas para reduzir a probabilidade de contrair ou espalhar a condição.

  • Tape o nariz e a boca quando espirrar ou tossir a usar um lenço de papel, ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deite fora o lenço de papel utilizado;
  • Lave as mãos frequentemente. Lave sempre que assoar, espirrar, tossir ou após contato direto com pessoas doentes. Lave-as durante 20 segundos (o tempo de cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%;
  • Certifique-se de lavar as mãos quando chegar ao trabalho e voltar para casa;
  • Evite tocar na cara com as mãos sujas;
  • Não partilhe objetos pessoais ou comida que tenha tocado.
  • Evite contato próximo com pessoas com infeção respiratória;

Posso fazer o teste do COVID-19?

Até muito recentemente, os testes para o coronavírus só rastreavam casos ativos do vírus. As amostras - mesmo que possam ser coletadas em casa - precisam ser analisadas num laboratório de patologia.

De acordo com a orientação da DGS, pessoas com suspeita de terem contraído o COVID-19 devem realizar um teste laboratorial. Os testes são feitos de acordo com a avaliação clínica dos profissionais de saúde habilitados para realizar o teste.

Atualmente, existe um teste de anticorpos para coronavírus disponível no nosso laboratório de patologia parceiro no Reino Unido. Os pacientes são obrigados a produzir uma amostra de sangue, em casa, usando uma lanceta para picar o dedo. Uma vez retornada ao laboratório, a amostra é rastreada para detetar anticorpos de SARS-CoV-20.

Para pessoas que testam positivo para anticorpos contra o coronavírus, isto significa que contraíram o vírus em algum momento. Como a imunidade do COVID-19 ainda não foi totalmente compreendida, é aconselhável que as pessoas que testam positivo continuem a praticar o distanciamento social e a seguir os conselhos do seu governo.

Página revista em:  19/05/2020
Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico do COVID-19

Como é diagnosticado o coronavírus?

O coronavírus pode ser diagnosticado por meio de testes, mas deve-se notar que, atualmente, apenas pessoas com maior risco de ficar gravemente doentes são casos prioritários para testes. Aqueles que recebem atendimento hospitalar por pneumonia ou doença respiratória aguda constituem casos prioritários.

Preciso fazer um teste?

A DGS orienta que, pessoas com suspeita de terem contraído o COVID-19 devem realizar um teste laboratorial. Estes testes são feitos de acordo com a avaliação clínica dos profissionais de saúde habilitados para a sua realização. As pessoas que desejam fazer o teste de coronavírus podem também fazê-lo em serviços de saúde particulares.

O outro teste disponível relacionado com o COVID-19 é o teste para detetar anticorpos para o coronavírus. Este teste não irá verificar se foi infetado com o vírus, apenas indicará se possui anticorpos contra o COVID-19, o que significa que já contraiu o vírus no passado.

O Teste para detetar Anticorpos contra o COVID-19 é feito através da coleta de uma amostra feita em casa pelo paciente que, em seguida, é analisado por um laboratório de patologia. Na Treated.com, pode encomendar o teste de anticorpos para o COVID-19 e recebê-lo na sua casa em Portugal. Para mais informações, visite a página: Teste de Anticorpos para COVID-19.

Existe tratamento para o Coronavírus?

Atualmente, não há tratamentos licenciados para o coronavírus. O tratamento, quando necessário, concentra-se no alívio dos sintomas e no suporte à respiração, quando necessário. Entretanto, muitas pessoas com sintomas leves recuperam-se sem tratamento.

No momento, o tratamento para o COVID-19  é feito a partir dos sinais e sintomas que os doentes apresentam e procura proporcionar o alívio e dos pacientes, para além de dar mais conforto.

Combinações de medicamentos antivirais estão a ser exploradas.

Recentemente, houve relatos nos média sugerindo que os tratamentos contra a malária, cloroquina e o hidroxicloroquina podem ser úteis no tratamento ou proteção contra o coronavírus, mas estes estudos estão em andamento e esses medicamentos ainda não estão autorizados para este fim.

Existe uma vacina para o COVID-19?

Apesar de aproximadamente 35 laboratórios e instituições científicas trabalharem para criar uma vacina para o coronavírus, com pelo menos quatro empresas relatando estar em processo de testar suas vacinas em animais, não há, no momento da redação deste conteúdo, uma vacina para o coronavírus. Normalmente, são necessários 10 anos ou mais para que uma vacina obtenha aprovação regulatória, sendo necessário realizar ensaios clínicos antes que as vacinas possam ser regulamentadas. As grandes quantidades de uma vacina que seriam necessárias para o COVID-19 também apresentam potenciais desafios de produção para os laboratórios.

Estimou-se pelas autoridades de saúde pública da Inglaterra que no início de 2021 é o mais cedo possível que uma vacina poderá estar disponível ao público.

 

 
Página revista em:  19/05/2020
Perguntas Frequentes

Como é tratado o coronavírus?

Não há tratamento definido para o coronavírus no momento. Pessoas com alta temperatura ou com tosse nova e persistente são aconselhadas a ficar em casa por 7 dias. Se a sua condição piorar ou os seus sintomas não melhorarem após 7 dias, ou se você não conseguir lidar com os seus sintomas, ligue para SNS24 ou, no caso de uma emergência, para o 112.

Enquanto tratamentos como cloroquina (Nivaquina) e hidroxicloroquina (Plaquinol) estão sendo testados, dentre vários outros candidatos, atualmente não há tratamentos antivirais licenciados para o coronavírus. 

Já posso viajar?

Antes de tomar a decisão de viajar, deve informar-se sobre as regras do país de destino.

A Direção-Geral da Saúde está a acompanhar o desenvolvimento da situação global em articulação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros e recomenda o acompanhamento das informações disponibilizadas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros através deste website. A IATA também fornece informações sobre países com restrições. 

Quem fuma ou usa cigarros eletrónicos corre mais risco de contrair COVID-19?

Ainda não existem estudos conclusivos, entretanto sabe-se que fumar aumenta o risco de contrair infeções pulmonares bacterianas e virais, além de diminuir a imunidade.  Neste sentido, talvez seja um momento adequado para parar de fumar.

Existe a possibilidade de fumadores serem mais vulneráveis ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) e à Covid-19, pois ao fumar, pode acabar também por levar dedos infetados à boca, o que aumenta o risco de transmissão. Para evitar este risco, lave sempre as mãos antes e depois de fumar.

Quanto tempo o vírus persiste numa superfície?

O vírus pode sobreviver numa superfície durante horas ou dias caos não sejam limpas com frequência. O tempo pode variar a depender do tipo de superfície, temperatura, humidade e da carga viral que originou a exposição.

Estudos apontam para o SARS-CoV-2 manter-se em superfícies de plástico ou metal por um período máximo de 72 horas. Já no cartão estimam que dure por 24H.

O vírus mantém-se na superfície de alimentos?

Não há evidência que suporte a transmissão do SARS-CoV-2 através dos alimentos, de acordo com a DGS. Entretanto, recomenda-se boas práticas de higiene constante durante a manipulação, e preparação dos alimentos. 

É verdade que quando a temperatura aumentar e o clima ficar quente, o coronavírus irá se dissipar?

Até o momento da escrita deste conteúdo, não foram encontrados estudos que evidenciam que altas temperaturas diminuem o efeito de infeção do coronavírus.

Página revista em:  19/05/2020

Consulta. Receita. Entrega. Satisfação.

  • Médicos e farmacêuticos registados
  • Medicamentos Originais
  • Entrega em 1 dia útil
  • Dados e Pagamentos Seguros
  • Farmácia registada
  • Repetir Pedidos

Prometemos manter os seus dados seguros e privados. Nunca iremos vender a sua informação ou partilhá-la com terceiros. Qualquer que seja o tratamento que encomende, faremos o envio numa embalagem sem referências através do nosso serviço de entregas expresso.

A entrega de todos os pedidos está incluída no preço. Após o seu pedido ter sido enviado, ser-lhe-á fornecido um número de rastreio, permitindo que siga o progresso da sua encomenda a qualquer momento. Fazemos a entrega em dentro de 1 dia útilapós a aprovação do nosso médico ou farmacêutico.

Processo simples
Conseguir o tratamento que precisa nunca foi tão fácil com o nosso serviço online rápido e simples.
  • Procure o seu medicamento

    Encontre o tratamento que precisa.
  • Preencha um breve questionário

    Um médico ou farmacêutico registado irá rever as suas respostas.
  • Entrega em 1 dia útil na sua morada

    Entrega no dia seguinte. Todos os pedidos são enviados por entrega expresso.
  • Repetir o seu pedido é fácil

    Mantemos os seus dados seguros para que possa voltar a encomendar facilmente.

Não foram encontrados resultados. Pode encontrar todos os nossos tratamentos em aqui