O stresse e a ansiedade podem afetar a nossa saúde mental e física. Podem causar sintomas como dores de estômago, dores de cabeça, problemas de sono, irritabilidade e dores no peito. Apesar de nem todo nível stresse ser negativo, como recentemente falamos neste blog, há diferentes métodos para mantê-lo num nível saudável. Com isto em mente um novo estudo publicado no British Journal of Health Psychology procurou explorar a teoria dos efeitos da escrita sobre experiências positivas e sua relação com a melhora no humor, nos sentimentos de stress e ansiedade. Esta teoria partiu de pesquisas anteriores que sugeriram que escrever sobre emoções negativas teria o potencial de melhorar os sintomas mentais e físicos.

O que pediram aos pacientes para escrever?

Vamos dar uma olhada em uma análise dos componentes do estudo

  • 71 participantes saudáveis ​foram divididos em dois grupos.
  • Um grupo (com 37 participantes) foi convidado a escrever sobre as experiências mais maravilhosas das suas vidas.

As instruções fornecidas aos participantes deste grupo foram as seguintes: “Pense na experiência ou experiências mais maravilhosas de sua vida, momentos mais felizes, momentos de êxtase, momentos de arrebatamento, talvez de estar apaixonado, ou de ouvir música ou de repente se emocionar com um livro ou pintura ou algum grande momento criativo. Escolha uma dessas experiências ou momentos. Tente se imaginar naquele momento, incluindo todos os sentimentos e emoções associados à experiência. Agora escreva sobre a experiência com o máximo de detalhes possível, tentando incluir os sentimentos, pensamentos e emoções que estavam presentes naquela situação. Procure ao máximo voltar a experimentar as emoções sentidas no momento escolhido.

  • O outro grupo (com 34 participantes) foi solicitado a escrever sobre um assunto neutro, como aspetos da vida quotidiana e os seus planos para o dia seguinte.
  • Ambos tiveram que completar a tarefa por 20 minutos todos os dias, durante três dias consecutivos.
  • Níveis de ansiedade autorrelatados foram coletados antes e após a tarefa de escrita.

Escrever estes pensamentos fez diferença?

Descobriu-se que os participantes do grupo com experiência positiva tiveram uma "diminuição significativamente maior da ansiedade" quando comparados ao grupo com um tópico neutro.

Quatro semanas após a tarefa de escrita, os participantes relataram os seus níveis de stresse e ansiedade, bem como quaisquer queixas de saúde física.

Os níveis de stresse e ansiedade foram relatados terem diminuído significativamente mais para aqueles que escreveram sobre experiências positivas, quando comparados aos seus níveis registados antes da tarefa de escrita.

A experiência de escrita não levou a nenhuma melhora na saúde física.

O que significam os resultados para stresse e ansiedade?

Diz-se que os serviços de saúde mental na Inglaterra estão sob crescente pressão à medida que mais pessoas procuram ajuda. Já em Portugal, o Programa Nacional para a Saúde Mental será relançado pela Direcção-Geral da Saúde.

Artes e terapias criativas já são usadas para ajudar alguns pacientes a falar e entender os seus sentimentos, mas eles geralmente são realizados sob a orientação de um terapeuta. Terapias complementares e alternativas, como yoga e meditação, podem ser usadas para ajudar algumas pessoas a lidar com o stresse.

Uma tarefa simples, como escrever sobre experiências positivas, pode ser concluída gratuitamente e na conveniência do paciente. Talvez esse tipo de terapia de escrita faça parte de estratégias terapêuticas alternativas ou criativas no futuro.

Terapias alternativas não se adequam a todos os pacientes e aqueles que usam métodos terapêuticos mais tradicionais, como terapia cognitivo-comportamental (TCC) e medicação devem consultar o seu médico antes de tentar métodos alternativos.

Também é importante lembrar que este é um pequeno estudo que não foi realizado num ambiente clínico. A abordagem individual cega significa que poderia ter sido possível aos participantes mostrar um viés inconsciente durante o processo.


A escrita positiva pode melhorar as doenças físicas?

A nossa saúde mental e a física estão intrinsecamente ligadas. No entanto, os resultados deste estudo em particular não forneceram evidências para sugerir que escrever sobre experiências positivas pode beneficiar a saúde física. Mais pesquisas seriam necessárias para que se tirassem conclusões mais concretas sobre o impacto da escrita emocional positiva na saúde física.