Os sintomas da asma podem geralmente ser controlados com sucesso utilizando terapias mais convencionais, como os inaladores. Contudo, cada vez mais pessoas optam por tratamentos alternativos, combinando-os com os seus medicamentos de prescrição. Antes de optar por um destes tratamentos para a asma, deve consultar o seu médico ou enfermeira.

Técnicas de respiração para a asma

Foram usadas várias técnicas de respiração para a asma durante várias décadas, porém será que estas são realmente eficazes a controlar a asma?

  • O método de Papworth

Um estudo recente sugeriu que a utilização desta técnica psicoterapêutica, que consiste na utilização do diafragma e do nariz, pode melhorar os sintomas de asma. Este exercício respiratório pode facilmente ser adaptado à sua rotina diária e a várias atividades, incluindo o exercício físico. Contudo, mais investigação é necessária para tirar conclusões. O seu médico pode sugerir-lhe um grupo local onde pode treinar este método.

  • Técnica Respiratória de Buteyko (BBT)

Esta técnica foi desenvolvida por um professor com o mesmo nome nos anos 50 e pensa-se ajudar os asmáticos por permitir uma melhor regulação da respiração. Foca-se numa respiração suave pelo nariz para manter as vias aéreas húmidas e evitar alterações de temperatura repentinas que podem desencadear um ataque de asma. Também inclui exercício, sono e técnicas de relaxamento. As pessoas que praticam Buteyko relatam melhorias na sua condição, porém, não devem abandonar a terapia convencional, uma vez que as suas vias respiratórias continuam sensíveis a vários fatores. Não existe evidência clínica que suporte este tratamento alternativo para a asma. 

Este pode provar-se benéfico para os asmáticos aprenderem novas técnicas respiratórias, para ajudar a reduzir os sintomas de asma e a probabilidade de ter de usar medicamentos. Se tiver interesse em introduzir estas técnicas respiratórias ao seu tratamento para a asma, deve consultar primeiro o seu médico.

Terapias Holísticas

As terapias holísticas que incluem exercícios de yoga, acupunctura, hipnoterapia e homeopatia afirmam relaxar os músculos e as vias aéreas, melhorando os sintomas de asma. Se pensa em utilizar tratamento homeopático, deve garantir que recorre a um profissional qualificado que pratique estas técnicas num ambiente seguro. Consulte sempre o seu médico antes de realizar qualquer tratamento alternativo.

  • Hipnoterapia

A Hipnoterapia é usada para colocar a pessoa num estado alterado de consciência, onde a sugestão de um pensamento positivo é utilizada para alterar o comportamento. Pensa-se que esta ajuda no relaxamento muscular e que pode melhorar os sintomas de asma, contudo, existe falta de evidência que indique que a hipnose tenha benefícios diretos para os asmáticos, pelo que é necessária mais investigação a este nível.

  • Yoga

O Yoga é uma forma ancestral de exercício que se concentra em fortalecer o corpo através de técnicas de alongamento e respiração. Não existe evidência clínica conclusiva que suporte o facto do yoga poder ajudar os asmáticos. Contudo, um ensaio clínico preliminar* concluiu que a prática de yoga pode reduzir o risco de um ataque de asma. 

Várias forma de yoga são praticadas em centros de saúde e de bem-estar em todo o país. Se deseja praticar yoga, deve informar o seu instrutor sobre a sua asma antes de participar na aula. O exercício oferece muitos benefícios para a saúde e é especialmente importante para pessoas com asma. Pode fortalecer os pulmões e reduzir o stress, que pode por vezes desencadear um ataque de asma.

  • Acupunctura

Derivada da medicina chinesa ancestral, a acupunctura consiste na utilização de pequenas agulhas em determinadas zonas da pele, para aliviar a dor. Contudo, a utilização deste tratamento alternativo nas pessoas com asma não se provou fundamentado por evidência clínica*. Se deseja combinar acupunctura com os seu tratamento médico convencional, deve procurar um profissional certificado.

  • Homeopatia

A Homeopatia consiste na utilização de pequenas quantidades dos fatores que desencadeiam os sintomas de asma, para ajudar o corpo num processo de recuperação natural. As pessoas podem recorrer a esta terapia para ajudar a aliviar os seus sintomas de asma. Contudo, a British Thoracic Society* referiu que atualmente não existe evidência suficiente para que esta prática seja recomendada a asmáticos.

Medicamentos naturais

Pensa-se que muitos asmáticos recorram a tratamentos naturais para tentarem aliviar os seus sintomas. Contudo, não existe evidência clínica que atualmente suporte a sua utilização, sendo necessária mais investigação nesta área. Se pensa em adicionar medicamentos naturais ao seu plano de tratamento, deve primeiro consultar o seu médico.

Medicamentos de venda livre

Não existem tratamentos de venda livre específicos para a asma em Portugal. Porém, outros países como os Estados Unidos oferecem alguns tratamentos de venda-livre. Para que a sua condição esteja bem controlada, deve consultar o seu médico ou enfermeira para avaliações regulares. Se a sua asma é desencadeada por pólen ou ácaros, deve tentar limitar esta reação ao usar medicamentos de venda livre como anti-histamínicos. Contudo, deve sempre discutir a utilização destes medicamentos previamente com o seu médico. 

Infelizmente, não existe muita evidência que indique que a utilização de terapias alternativas em vez de tratamentos convencionais tem um benefício direto na asma. Lembre-se de consultar o seu médico antes de fazer quaisquer alterações ao seu tratamento para a asma e antes de introduzir novas terapias. Estas não devem substituir quaisquer tratamentos prescritos pelo seu médico, uma vez que isto pode aumentar o risco de um ataque de asma.

Página revista em:  26/10/2017